A sede da Microsoft Portugal, em Lisboa, já era casa de um dos centros de suporte empresarial da tecnológica a nível internacional. Após uma reorganização na estrutura destes núcleos de apoio o centro português continua ativo e vai receber um novo investimento de 21 milhões de euros.

A informação partilhada pela Microsoft em comunicado de imprensa salienta a contratação de 30 novos profissionais para o centro, subindo para 230 o número total de colaboradores.

Portugal mantém assim um ativo valioso e a tecnológica justifica esta aposta com o facto de haver “qualidade e capacidade dos seus recursos humanos, e também uma boa relação de produtividade no contexto qualidade-custo”.

Já o diretor-geral da subsidiária, João Couto, considera que “o potencial de crescimento deste tipo de serviços é muito elevado [...]”. “Por isso, estamos muito otimistas para que no futuro possamos continuar a atual rota de crescimento da importância dos serviços de alta qualidade que se prestam em e a partir de Portugal”, acrescentou.

O centro de suporte em Portugal é focado em tecnologias cloud, uma das áreas que mais tem crescido dentro das atividades da Microsoft. A partir do nosso país é assegurado o apoio para a Europa ocidental, de leste e também para África.

O núcleo de apoio recebeu em 2013 um investimento de 2 milhões de euros, seguindo-se outros reforços sobretudo na área da contratação de colaboradores: primeiro em julho de 2014, depois em outubro do mesmo ano.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.