A Motorola revelou recentemente que Freescale Semiconductor foi o nome escolhido para a empresa resultante do spin-off da sua unidade de semicondutores, anunciado em Dezembro do ano passado.



O nome foi anunciado depois de "inquéritos e investigação conduzidos entre os funcionários da Motorola, clientes e analistas da indústria em todo o mundo" e escolhido com o objectivo de reflectir a nova orientação da companhia de semicondutores.



O spin-off da Freescale da Motorola deverá acontecer até ao final do ano, com a realização da IPO (Initial Public Offering) que levará à dispersão em bolsa do capital da empresa.



Após a operação, a casa-mãe pretende ir novamente ao mercado buscar o capital não adquirido por ajuste directo, na operação que posteriormente conta distribuir pelos seus accionistas como forma de dividendos extras, em condições fiscais mais atractivas.



"A Freescale Semiconductor fornece aos seus clientes uma herança construída em 50 anos de experiência em semicondutores", afirma Scott Anderson, presidente e director executivo da nova empresa, em comunicado oficial.



"Estamos felizes por combinar a experiência e estabilidade de um fornecedor de tecnologia estabelecido com o espírito e a visão fresca de uma nova empresa. De acordo com esse objectivo, criámos um nome que pretende identificar a dedicação à agilidade, serviço e seriedade da nossa equipa", acrescenta.



Notícias Relacionadas:

2003-12-17 - Motorola concentra-se nas comunicações e autonomiza semicondutores

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.