As vendas de álbuns discográficos nos Estados Unidos caíram 9,5 por cento ao longo do ano passado, o que agrava ainda mais a situação da indústria neste sector. A conclusão é da Nielsen SoundScan que publicou o balanço referente ao mercado musical de 2007.



Os dados compilados pela consultora indicam que apesar da venda de discos continuar a descer, a procura de música digital segue no caminho oposto. Em causa está o aumento de 45 por cento na compra de faixas de música através da Internet.



De acordo com a Nielsen, as companhias discográficas venderam um total de 500,5 milhões de álbuns em CD, cassete e vinil em 2007, o que reflecte um decréscimo de 15 por cento face ao ano anterior. Por outro lado, o número de faixas digitais compradas online ascendeu aos 844,2 milhões, ou seja, mais 256 milhões do que em 2006.



Estes dados permitem concluir que, ao longo de 2007, os álbuns digitais foram responsáveis por 10 por cento do total de vendas de música numa amostra onde se incluem álbuns, singles, e faixas digitais.



Durante a última semana do ano, as vendas totalizaram 58,4 milhões de discos, o que representa um recorde histórico desde que a Nielsen começou a elaborar estas estatísticas.



Notícias Relacionadas:

2007-11-19 - Venda online de música em queda livre desde o início do ano

2007-04-02 - Apple e EMI acordam venda de música online sem restrições de DRM

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.