Nexllence, powered by Glintt, é o nome da nova marca que a Glintt acaba de lançar, num momento que Nuno Vasco Lopes admite que é aparentemente estranho dadas as contingências da COVID-19. O CEO da Glintt diz que esta é mais uma transformação numa empresa que "já passou vários momentos de transformação nos últimos anos", e que cresceu 60% desde 206, duplicando as receitas e o resultado operacional, afirma.

A multinacional de tecnologia e consultadoria está cotada na Euronext​, e em 2018 somou um volume de negócios de 86,2 milhões de euros. A Glintt – Global Intelligent Technologies conta com mais de 1.100 colaboradores que operam a partir de 10 escritórios em 6 países, onde para além de Portugal se contam a Espanha, Angola, Brasil, Reino Unido e Irlanda.

A empresa tem estado focada na área da Saúde, por razões históricas da fusão entre a Consiste e Pararede, e conjuga mais de 20 anos de experiência, mas ao longo deste tempo desenvolveu também soluções noutras áreas, que decidiu agora reposicionar no mercado com a Nexllence, que arranca já com 300 pessoas e uma carteira de projetos realizados, e em desenvolvimento, no currículo.

A nova marca resulta da evolução de duas unidades de negócio já existentes, a área de consultoria aplicacional e a área de infraestruturas, que atuam em áreas tecnológicas de grande especialidade e especificidade, num mercado que é cada vez mais global.

"É uma peça da nossa estratégia [...] falámos com dezenas de líderes de tecnologia dos nossos clientes para perceber o que eles queriam fazer", explica David Faustino, responsável pela nova área. O IT Consulting & Corporate Market Director  afirma que este é o dia zero da Nexllence, mas mesmo assim sublinha que está "num trilho significativo e acelerado, já 12% acima do ano passado", adiantando ainda que acredita que vai "chegar ao fim do ano com crescimento significativo".

A nova área arranca já com 300 pessoas, e com foco no mercado de Portugal e Espanha, trabalhando de forma global na incorporação de projetos que já estão a ser desenvolvidos em 5 países, e com suporte a 40 países. David Faustino sublinha o desenvolvimento de tecnologias na área low code, application development, process automation ou 5G, e alguns projetos em curso, com a administração pública em identidade digital, com operadores de telecomunicações na área de fraude, e no retalho com a área de fidelização de clientes.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.