A estratégia internacional da Noesis assenta em projetos que a empresa está em desenvolver em países como Espanha, Brasil, Reino Unido, Suíça, Angola, Austrália e Bélgica. Brasil, Suíça, Reino Unido e Angola foram os países que até à data mais ajudaram a consolidar os negócios da empresa fora do país.



A abertura de um escritório na Bélgica dá suporte à estratégia de desenvolvimento do negócio também nesta região. Além da geografia, o país é visto pela tecnológica portuguesa como um mercado maduro com um elevado índice de procura de técnicos especializados em TI.



Em termos de negócio, a abordagem da Neosis está focada no desenvolvimento aplicacional numa lógica de nearshore, A área de qualidade e os serviços onshore para clientes de telecomunicações e instituições europeias são prioritários.



De acordo com uma nota publicada no site da empresa, no primeiro ano de atividade a Neosis pretende faturar um milhão de euros na região do Benelux. No local a empresa contará com dois colaboradores, que trabalham em coordenação remota com os colaboradores da empresa em Portugal. Numa fase posterior da atividade, o objetivo é contratar recursos localmente.


A três anos a Noesis quer realizar metade do volume de negócios fora do país. A empresa portuguesa presta serviços a 40 clientes em diversas áreas de atividade. Conta com 350 colaboradores e fatura anualmente cerca de 14 milhões de euros.

Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.