Dando continuidade ao Programa Nacional de Compras Electrónicas, coordenado pela UMIC, realizou-se ontem um leilão virtual para a aquisição de material informático, que envolveu 28 organismos de sete ministérios e duas empresas públicas.

Os equipamentos adquiridos por esta via foram 1800 PCs, 70 computadores portáteis, 30 servidores e 397 monitores, esclarece um comunicado. O valor base de licitação ultrapassou os dois milhões de euros, o que se traduziu numa poupança estimada de 27 por cento ou 400 mil euros.

A compra foi encabeçada pela Secretaria Geral do Ministério das Obras Públicas Transportes e Comunicações (MOPTC), já que era a entidade com maior volume de compras entre os participantes.

A comissão de avaliação terá agora de "proceder à formalização dos fornecedores que apresentaram as melhores propostas", um processo que deverá ficar concluído até final da semana já que os equipamentos adquiridos forma previamente testados, explicou ao Tek fonte da UMIC.

A mesma fonte explicou que os fornecedores participantes nesta negociação foram seleccionados da lista em vigência nos últimos anos, uma vez que o concurso público online para a actualização do catálogo telemático - uma iniciativa que está a ser coordenada pela Direcção Geral do Património - está ainda em fase de conclusão.



O leilão coordenado pelo MOPTC foi o procedimento online para aquisição de equipamentos informáticos de maior dimensão realizado até hoje, porque foi o primeiro do género a envolver vários organismos.



Para já não estão agendados outros leilões com a mesma abrangência, mas é intenção da UMIC trabalhar com a DGP na realização de novos acordos quadro (como o que está em preparação para os equipamentos informáticos) para a definição de fornecedores nos chamados bens de primeira vaga e realização de novas iniciativas de compra agregada realizadas online.



Primeira vaga é uma definição da UMIC que engloba um conjunto de categorias de produtos cuja aquisição online está prevista numa primeira fase de implementação dos projectos de compras electrónicas. Fazem parte deste leque categorias de produtos como a electricidade, produtos de limpeza, refeições, material de escritório, etc. O objectivo da agência é que até final do ano as compras online envolvendo vários ministérios, se estendam a novas categorias de produtos de primeira vaga.



Além das entidades integradas no MOPTC, também estiveram presentes no leilão virtual organismos da Presidência do Conselho de Ministros e dos ministérios da Justiça, do Trabalho e da Solidariedade Social, do Ambiente, Ordenamento do Território e Desenvolvimento Regional, da Cultura e da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior.

Notícias Relacionadas:

2005-07-20 - POS Conhecimento aprova financiamento para 2ª fase dos pilotos de compras electrónicas

2005-04-13 - Projectos-piloto de compras electrónicas distinguidos por boas práticas

2005-02-25 - IEFP realiza primeiro concurso público totalmente electrónico

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.