Na sequência da notícia divulgada recentemente pelo Wall Street Journal que dava conta da intenção da Verizon vender o Tumblr, o Pornhub veio manifestar publicamente o seu interesse na compra da plataforma. Criado em 2007 por David Karp, o Tumblr viria a ser vendido à Yahoo por mais de mil milhões de dólares em 2013, que por sua vez foi adquirida pela Verizon em 2017.

Num email enviado ao Buzzfeed, Corey Price, vice-presidente do Pornhub, não só confirmou o interesse em adquirir o Tumblr como acrescentou ter a intenção de revogar a atual proibição de conteúdos para adultos na plataforma. Instaurada em dezembro do ano passado, a medida foi recebida com desagrado por muitos utilizadores do site, por considerarem o Tumblr uma alternativa para grupos sexuais tidos como mais marginalizados.

Segundo Corey Price, “o Tumblr era um recurso seguro para aqueles que procuravam explorar e expressar a sua sexualidade, incluindo aficionados por entretenimento para adultos", acrescentando ter sentido “desânimo por terem sido tomadas medidas para erradicar as comunidades eróticas da plataforma, deixando muitos indivíduos sem um refúgio para explorar confortavelmente conteúdos para adultos”.

O Pornhub é propriedade da MindGeek, empresa canadiana que também é dona de RedTube ou YouPorn, entre outros serviços de conteúdos pornográficos. Por ocasião da proibição deste tipo de conteúdos em dezembro passado, o Pornhub já tinha aproveitado para fazer uma publicação no Twitter onde dava as boas vindas aos utilizadores do Tumblr, afirmando que os receberia na sua comunidade “de braços abertos”.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.