Portugal faz parte da lista de 14 países desenvolvidos e que são reconhecidos como os principais destinos para a prestação de serviços em regime de outsourcing na área das TIC, figurando ao lado de outros sete países europeus - Irlanda, Israel, Irlanda do Norte, Escócia, Espanha, Gales e Grécia.

Além disso, como reforço do reconhecimento verificado nos três anos anteriores, Portugal é agora considerado um potential nearshore country pela Gartner.

Tal como em 2013, na edição deste ano o país é apontado pelos analistas como tendo "um ambiente doméstico maduro e preparado para prestar serviços de base tecnológica, não apenas pela via da exportação de soluções das empresas portuguesas como através da canalização de investimento estrangeiro".

As empresas portuguesas, a par das multinacionais instaladas em Portugal, são vistas como inovadoras, "dispondo de profissionais qualificados acima da média, e, consequentemente, com enorme potencial de crescimento nos mercados internacionais", acrescenta-se.

Portugal é referido uma vez mais como um destino com disponibilidade de profissionais com elevadas competências e qualidades nas áreas de TIC e Processos de Negócio.

Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.