A Samsung partilhou os seus resultados financeiros preliminares do primeiro trimestre de 2022, estimando-se um aumento de 50% nos lucros operacionais, o que torna este período o mais lucrativo desde 2018. As expectativas foram superadas graças à grande procura dos seus chips de memórias, suportado pelas vendas de smartphones. A fabricante também beneficiou da disrupção da fábrica de uma fabricante rival de chips NAND Flash, segundo destacam os analistas.

Relativamente às contas, a Samsung obteve lucros de 14,1 biliões de won (10,66 mil milhões de dólares) nos resultados preliminares. As receitas cresceram 18% face ao mesmo período do ano passado, registando 77 biliões de won (57,9 mil milhões de euros), acima das expectativas do mercado.

Segundo o analista Park Sung-soon, da Cape Investment & Securities, citado pela Reuters, as expectativas do mercado foram superadas devido ao fornecimento de chips de memória e os seus preços serem melhores do que o esperado. O preço das memórias caiu no primeiro trimestre, havendo muita procura de clientes com centros de dados. As fabricantes de chips foram cautelosas nos gastos de investimento e tiveram uma capacidade de expansão limitada, ajudaram no crescimento dos ganhos da Samsung.

Samsung mantém liderança na venda de smartphones em Portugal. Mercado cresceu 8,1%
Samsung mantém liderança na venda de smartphones em Portugal. Mercado cresceu 8,1%
Ver artigo

A Samsung terá beneficiado da disrupção de fabricantes rivais de chips NAND Flash, a japonesa Kioxia e a americana Western Digital devido a contaminação das matérias-primas, refere o analista. Os clientes da Kioxia direcionaram as encomendas de produtos para a Samsung. No entanto, espera-se que essa disrupção no início de fevereiro venha a fazer subir os preços entre 5-10%.

No primeiro trimestre, a Samsung colocou nas lojas cerca de 72 milhões de smartphones, segundo dados da Counterpoint Research, uma queda de 11% face ao mesmo período do ano passado. Os analistas referem que o lançamento mais tarde do topo de gama Galaxy S22 foi uma das causas da queda. Globalmente o smartphone vendeu 50% mais na primeira semana, durante o seu lançamento no fim de fevereiro, do que o anterior S21. Até final de março, estima-se que a Samsung tenha distribuído cerca de 6 milhões de unidades do novo smartphone.

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.