A Samsung é condenada por violação de propriedade intelectual da concorrente e por usar nos seus equipamentos "inventos" da Apple como o aproximar ou afastar dos dados para aumentar ou diminuir o tamanho de uma imagem.



O processo em questão decorre do caso que no ano passado culminou numa multa de mais de mil milhões de dólares para a Samsung. A fabricante recorreu e a sentença foi revista.



A pena diminuiu para os 640 milhões de dólares, mas a juíza que tomou a decisão mandou reapreciar parte das acusações por considerar que a decisão de primeira instância tinha cálculos incorrectos para definir o valor dos danos.



A parte do caso que passou para um processo à parte fica agora decidida, com esta pena de 290 milhões de dólares para a Samsung, um valor que fica abaixo do pedido pela Apple e muito acima do proposto pela Samsung. A dona do iPhone queria receber 379,8 milhões de dólares. A Samsung não queria pagar mais de 52,7 milhões.



Somados, os dois valores que a Samsung foi condenada a pagar, por ofensas à propriedade intelectual da concorrente, ascende a 929,8 milhões a pena total aplicada à fabricante.

Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.