A Siemens Portugal vai contratar 200 funcionários ao longo deste ano, "em total contraciclo com a crise económica que afecta o país e o mundo", referiu o presidente da empresa, Carlos de Melo Ribeiro, em entrevista à agência Lusa. O valor aproxima-se do número de novos trabalhadores que integraram a empresa em 2008.

O responsável considera que o segredo para enfrentar a crise "passa por saber poupar custos e assumir uma postura muito activa", tudo aliado "a um grande profissionalismo".

Outro ponto decisivo passa pelas "estratégias definidas para 10 anos", que acabam por conferir uma boa protecção da empresa contra os períodos de menor desenvolvimento económico.

O segredo do sucesso da subsidiária da multinacional alemã, a operar em Portugal desde 1905, "tem sido conseguir antecipar as tendências do mercado e adaptar-se atempadamente para as mudanças, indo ao encontro dos sectores menos afectados", explicou Carlos de Melo Ribeiro, que promete continuar a apostar "o mais possível em formação e investigação".

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.