A consultora prevê agora que o mercado de smartphones aumente 9,8% em 2015, para os 1,43 mil milhões de unidades, numa atualização de valores que reflete uma desaceleração do crescimento na região da Ásia/Pacífico (excluindo o Japão), América Latina e Europa Ocidental, refere em comunicado.  

O abrandamento do crescimento deverá intensificar-se até 2019, numa análise atribuída a previsões mais baixas relativamente às entregas de telefones com Windows Phone e com sistemas operativos alternativos às restantes plataformas móveis mais populares (Android e iOS).

Falando em sistemas operativos móveis, as estimativas da IDC apontam que a quota de mercado do Android consiga crescer um ponto percentual, para os 82%.

Com uma previsão de subida de 7,6% para o quarto trimestre, a quota anual do iOS deve manter-se entre os 14 e os 15%. As notícias são menos boas para o Windows Phone que não deverá ver a sua parte do mercado crescer durante os próximos anos. Pelo contrário, a consultora estima para 2015 uma descida de 10,2%, que continuará em 2016.

[caption][/caption]

De referir que em 2014 foram vendidos no mercado português 2,7 milhões de smartphones e que, segundo o afirmado esta sexta-feira por Gabriel Coimbra, numa conferência da Microsoft sobre o futuro do trabalho, os números para este ano deverão ficar próximo dos 3 milhões.   

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.