O teste de voo da Starship deve acontecer em maio. A previsão é de Elon Musk, que espera ter tudo a postos para o aguardado lançamento da nave espacial ainda em abril. Do lado da SpaceX, para que o voo de testes possa realizar-se é preciso finalizar os trabalhos com a nova versão dos 39 motores Raptor que vão enviar a Startship para o espaço. No último ano, a empresa tem entretanto trabalhado na integração das várias componentes que vão compor o novo sistema de transporte espacial e no teste do booster Super Heavy e da cápsula (nas fotos), em separado.

Clique nas imagens para mais detalhes 

Esta nova versão dos motores começou a ser produzida em dezembro, numa atualização que além de trazer mais potência ao sistema que combina Starship e lançador Super Heavy, representa também custos de produção mais baixos. Segundo a empresa, os custos de produção dos motores caiu para metade, disse já Musk, em parte porque a produção é mais simples e recorre a um menor número de componentes, uma evolução importante para a tecnologia que centra os planos da SpaceX para levar humanos a Marte e à Lua.

Em resposta à CNBC, o responsável revelou agora que a nova versão dos motores fica pronta no próximo mês e depois será necessário cerca de mais um mês para fazer a integração, antecipou Musk que, como a história tem mostrado, é um otimista, que normalmente aponta para a previsão mais favorável.

Starship: SpaceX quer avançar com teste de voo orbital de um protótipo completo da nave espacial
Starship: SpaceX quer avançar com teste de voo orbital de um protótipo completo da nave espacial
Ver artigo

Ao mesmo tempo, prosseguem as autorizações legais necessárias para que o voo se concretize, como a obtenção de licença de voo da autoridade reguladora, a FAA, e o sucesso num conjunto de testes prévios que a empresa tem de fazer antes de lançar o foguetão. A licença da FAA, indispensável para o primeiro voo orbital da Starship, na verdade já devia ter sido emitida, mas o elevado número de comentários recebidos pelo regulador ao processo de consulta pública da decisão, mais de 18 mil, atrasou o processo. O prazo legal para que o organismo se pronuncie termina no final de março.

No início do ano, Elon Musk detalhou alguns aspetos da estratégia da SpaceX para a sua nova geração de foguetões. O responsável adiantou que cada voo da Starship poderá custar menos de 10 milhões de dólares e acredita que a empresa terá condições para realizar vários voos no mesmo dia. Vale a pena sublinhar que cada missão atual do Falcon 9 custa cerca de 60 milhões de dólares.

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.