A Comissão Europeia divulgou alguns dados curiosos sobre a utilização de smartphones e equipamentos móveis fora da empresa, demonstrando a prontidão dos empregados da União Europeia em responder à empresa, clientes e fornecedores. As estatísticas referem-se a equipamentos fornecidos pelas empresas para trabalho, com ligação à internet, de forma a manter o acesso a emails, documentos ou a utilizar aplicações da empresa fora do escritório e do local de trabalho.

Segundo o estudo, em 2019 28% dos empregados de empresas espalhadas pela UE receberam portáteis ou smartphones com ligação à internet para propósitos de trabalho. Foi um aumento de 2% face ao ano anterior, que registou 26%.

tek tabela

A essa média de 28% a nível da UE, sobressaem-se diversos países, liderados pela Suécia, que registou 57%, seguindo-se a Irlanda com 55% e a Finlândia a fechar o pódio com 54%. Do outro lado do espectro, a Bulgária é a que regista a pior média, com 11%, Chipre com 16% e Grécia com 17%.

No fundo da tabela surge também Portugal, com 18% dos trabalhadores a utilizar equipamentos fornecidos pelas empresas, valor idêntico à Roménia e Eslováquia. Já a França, Áustria e Espanha estão ligeiramente acima da média europeia, entre 32% a 29% como pode ver na tabela publicada.

A Suécia foi a que mais cresceu na estatística, entre 2018 e 2019, registou um aumento de 6%. Países como a Finlândia, Lituânia e Malta também viram um crescimento de 5 pontos percentuais.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.