As vendas mundiais de telemóveis deverão aumentar oito por cento para os 480
milhões de unidades por ano até 2005, devido à procura crescente de novos
modelos com ecrã a cores, defende a Seiko Epson, um dos principais fornecedores de ecrãs
coloridos a nível global.



Depois de uma queda de quatro por cento em 2001 comparativamente ao
ano anterior, as vendas globais de terminais móveis aumentaram três por
cento em 2002, face a uma recuperação lenta da industria global de tecnologia
e está previsto que aumentem seis por cento em 2003, afirmou Lear Wang,
director geral do grupo empresarial de componentes da Seiko Epson.



"Embora a taxa de penetração dos telemóveis com ecrã a cores já seja
bastante elevada no Japão e na Coreia, ainda existe potencial de crescimento
em outros países da Ásia e da Europa e nos Estados Unidos" referiu Wang
citado pela agência Reuters.



O optimismo de Wang baseia-se igualmente na cada vez maior procura
por terminais com câmaras digitais integradas e que apresentem a
possibilidade de envio de mensagens com imagem. Em 2003, as vendas de
telemóveis com tais características deverão aumentar para os 75 milhões de
unidades - triplicando assim os níveis registados em 2002 -, e ultrapassar os 100
milhões de unidades no ano seguinte.



Mais de metade dos telefones móveis em circulação em 2004 terão
ecrãs a cores e a quota irá aumentar para os 62 por cento em 2005, assegurou
o mesmo responsável.



Notícias Relacionadas:

2002-12-11 - Procura de terminais móveis cresce quase 10 por cento em
2003


2002-11-28 - Vendas de telemóveis recuperam no terceiro trimestre de 2002

2002-05-31 - Taxa de substituição de telemóveis deverá chegar aos 77% em
2005


2002-03-11 - Vendas mundiais de telemóveis desceram pela primeira vez em
2001

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.