Face à contínua redução da procura, as vendas mundiais dos chamados computadores de bolso desceram para os 2,6 milhões no segundo trimestre de 2002, caindo 10 por cento em relação ao valor registado há um ano atrás e 17 por cento desde o trimestre anterior, indica a IDC.



A Palm liderou novamente o mercado, embora tenha perdido algum terreno para as suas rivais. Segundo os números da IDC, a fabricante expediu 846 mil dispositivos, face aos 1,3 milhões vendidos no primeiro trimestre e aos 890 mil comercializados em igual período de 2001. A sua quota mundial caiu para os 32,4 por cento dos 40,6 por cento no primeiro trimestre, mas melhorou ligeiramente se comparada com a quota de mercado de 31 por cento detida no segundo trimestre do ano passado.



A nova HP é agora a fabricante de computadores de bolso número dois, tendo vendido 485 mil dispositivos no período de três meses findo a 30 de Junho passado, ou 19 por cento das vendas totais. O terceiro lugar é ocupado pela Sony que conseguiu obter aproximadamente 10 por cento da quota de mercado. Os 250 mil PDAs vendidos representam uma subida de 233 por cento face às 75 mil unidades expedidas no mesmo trimestre de 2001.



No mercado norte-americano, o maior para este tipo de dispositivos, foram vendidos 1,3 milhões de PDAs, representativos de uma queda de 19 por cento face ao primeiro trimestre de 2002 e de um crescimento de oito por cento comparativamente ao segundo trimestre de 2001. A Palm detém actualmente 42 por cento da quota de mercado norte-americano,de acordo com a IDC.



Notícias Relacionadas:

2002-06-25 - HP e Sony mostram novos PDAs antes da TechXNY

2002-04-23 - Dispositivos móveis descem 12,1 por cento no primeiro trimestre de 2002

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.