Um novo estudo levado a cabo pela Nokia revela que o peso do 5G na economia mundial poderá atingir os 8 biliões de dólares até 2030. Apesar dos desafios económicos causados pela pandemia de COVID-19, os especialistas preveem também um “boom” no investimento internacional em 5G nos próximos 5 anos, com 72% das grandes empresas a apostar na implementação da tecnologia.

O recém-publicado estudo, onde foram inquiridas mais de 1.600 empresas em oito países (Alemanha, Arábia Saudita, Austrália, Coreia do Sul, Estados Unidos, Finlândia, Japão e Reino Unido), dá a conhecer que um terço das organizações temem ser “ultrapassadas” pelas suas rivais caso não invistam em 5G no espaço dos próximos três anos.

Os especialistas afirmam que há uma correlação entre a implementação da quinta geração de redes móveis e o desempenho dos negócios. As empresas que estão num nível mais avançado de adoção do 5G foram o único grupo que apresentou um aumento 10% na produtividade desde que a pandemia começou, registando também um maior crescimento em comparação com 2019.

No entanto, apenas 7% das empresas apresentam um alto nível de maturidade, se bem que existam algumas diferenças a nível regional. De acordo com o estudo, 13% das empresas da Arábia Saudita está numa fase mais avançada de implementação, seguindo-se os Estados Unidos, com 12%. A Europa apresenta um maior atraso, com apenas 4% no Reino Unido, 3% na Alemanha e 2% na Finlândia.

A importância da adoção do 5G é compreendida pela vasta maioria das empresas, porém os especialistas apontam para uma lacuna no investimento. Apenas 15% das organizações estão a apostar atualmente na implementação e 29% não está a planear qualquer tipo de investimento nos próximos 5 anos.

Entre as principais barreiras à implementação do 5G está, por exemplo, a segurança da tecnologia, com 34% das empresas a demonstrarem-se preocupadas com os potenciais riscos. Já 28% dos responsáveis das organizações destacam a disponibilidade limitada de infraestruturas chave fora de centros urbanos.

A falta de conhecimento acerca da tecnologia é também um “entrave” à implementação. O estudo indica que 17% das empresas estão preocupadas com a falta de entendimento dos seus decisores e 14% dos responsáveis admitem mesmo que não têm conhecimento suficiente acerca do 5G.

Além disso, 15% das organizações revelam que não se sentem muito confiantes a implementar a tecnologia devido aos seus elevados custos e 22% afirmam que a implementação não é uma prioridade para o seu negócio.

Assim, os especialistas sublinham que é necessária uma maior regulação, colaboração e vontade de inovar para que as barreiras sejam superadas. O investimento por parte do Governo em infraestruturas ou em subsídios para baixar os custos é também visto como um dos pontos-chave.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.