Estará por dias o acordo que irá fixar as condições de investimento dos operadores nas Redes de Nova Geração. Já era sabido que o Governo estava a trabalhar com os principais players do sector na fórmula a utilizar para materializar as infra-estruturas de nova geração.

Um membro do executivo confirmou agora à Lusa que o acordo em preparação será de facto assinado em Janeiro e irá criar as bases para um investimento de 2,5 mil milhões de euros.

"As negociações continuam a decorrer. Até à segunda semana de Janeiro será anunciada a forma como será feito o investimento nas redes", escreve a agência noticiosa, citando fontes governamentais que confirmam os encontros preparatórios do acordo que têm vindo a realizar-se entre Portugal Telecom, Sonaecom, Vodafone, Zon e Governo.

Sobre o conteúdo do acordo e a forma como serão desenvolvidos os investimentos em fibra permanecem as incertezas.

Recorde-se que a Portugal Telecom mantém uma posição distinta dos restantes operadores, considerando que cada operador deve realizar os seus próprios investimentos e garantir a distinção da oferta não apenas pelos serviços mas também pela infra-estrutura.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.