Dos portugueses que têm telemóvel, 64,2% usam um smartphone - um valor que ajuda a compreender não só o grande número de pessoas que usa Internet de banda larga móvel, assim como o crescimento de 55% registado no volume de dados consumidos.

Mas não são só os telemóveis inteligentes que contribuem para o crescimento da banda larga móvel em Portugal. O tráfego gerado através das placas e modems de Internet móvel subiu 26,9% comparando os terceiros trimestres de 2014 e 2015.

Olhando para o mercado global da Internet de banda larga móvel, o Meo é o operador com maior quota de mercado de clientes - 43% de acordo com dados da ANACOM -, seguindo-se a Vodafone com 29,2% e a NOS com 27,5%.

Mas não é só a Internet de banda larga móvel que está a crescer, a Internet de banda larga fixa também tem conhecido uma evolução positiva. O relatório do regulador para a área das comunicações salienta que o número de clientes ‘fixos’ atingiu os 3,07 milhões no final de setembro, “mais 11% do que no período homólogo”.

A fibra ótica é responsável por parte deste crescimento já que no espaço de um ano registou um crescimento de 34%, representando agora 25,2% do total de acessos feitos em Internet fixa.

Quanto a quota de mercado neste segmento, “o Meo atingiu os 45%, seguindo-se a NOS com uma quota de 36% e a Vodafone com 14%”, lê-se na nota de imprensa da ANACOM.

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.