Nos últimos três meses do ano 3,5 milhões de utilizadores de Internet residentes em Portugal usaram serviços móveis para aceder à tecnologia, mais 9,7% que no trimestre anterior. Neste universo 978 mil acederam à Internet usando placas ou modem, número que revela a importância crescente do acesso à Internet via smartphone, a pesar já mais de dois terços neste indicador.



Os números foram divulgados pelo regulador das comunicações, a Anacom, e confirmam que os serviços móveis de acesso são os mais utilizados para aceder à Internet. As tecnologias de acesso fixo foram usadas no mesmo período por 2,4 milhões de internautas, número que traduz um crescimento de 1,7%.

[caption]internet movel - T4 2012[/caption]

Nos serviços de acesso fixo a tecnologia dominante continua a ser o ADSL, que soma 45% dos acessos. O cabo é a segunda tecnologia mais usada, representando 39,7% dos acessos. A fibra continua a crescer, 7,5% entre o terceiro e o quarto trimestre, e já representa 15,2% dos acessos.



Os dados também revelam que a esmagadora maioria dos acessos à Internet fixa (87%) foram contratados como parte de um pacote de serviços, em 78% dos casos triple play ou quadruple play, com três ou quatro serviços na mesma fatura.



A Portugal Telecom continua a dominar o mercado da banda larga, tanto nas tecnologias de acesso fixo, como nas tecnologias de acesso móvel. No fixo a operadora garante uma quota e 51,3%. No móvel a TMN assegura 40,5%.



No final do quarto trimestre de 2012, 79% dos utilizadores de Internet tinham uma velocidade máxima teórica contratada superior a 10 Mbps e outros 20% acima dos 20 Mbps.



O preço médio do serviço de acesso à Internet sem outros serviços associados era de 20,4 euros para as tecnologias fixas e de 14,8 euros para a tecnologia móvel via modem ou placa. Já a mensalidade da Internet no telemóvel atingiu um valor médio de 11,6 euros. No triple play a mensalidade média ronda os 48,6 euros.



Neste período é ainda de sublinhar que a maioria dos utilizadores - 79 por cento - dispunha de uma velocidade máxima teórica contratada superior a 10 Mbps. Cerca de 37 por cento dispunha de acessos acima dos 20 Mbps e os acessos superiores a 100 Mbps representavam cerca de 10,4 por cento.

Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.