O INESC TEC e a Associação Porto Digital estão a desenvolver uma parceria para que seja instalada uma rede de Internet wireless na costa marítima que liga o Porto à Póvoa de Varzim para que todas as embarcações que estejam até cinco milhas de distância possam ter acesso a redes de banda larga.

O ponto diferenciador da iniciativa está na distribuição gratuita de Internet, em contrapartida com as ligações por satélite ou por Wi-Fi que já existem mas que são pagas e que em alguns casos não têm um alcance tão grande.

Para driblar as dificuldades do espaço o INESC e a APD estão a utilizar uma tecnologia denominada JANUS que permite que cada barco funcione como um ponto de retransmissão de rede para outros barcos. A tecnologia tanto funciona em barcos recreativos e de turismo, como funciona em embarcações de pesca.

Atualmente está a ser conduzido um teste piloto no Edifício Transparente que vai garantir acesso à rede até aos barcos de pesca de sardinha do Porto de Matosinhos. O objetivo é que já durante o próximo ano o projeto consiga evoluir até às cinco milhas de costa.

O acordo vai ser oficializado hoje, 31 de maio, e vai contar com a presença do secretário de Estado do Mar, Manuel Pinto de Abreu.

O vice-presidente da Câmara Municipal do Porto, Vladimiro Feliz, já se mostrou satisfeito com o projeto, não só por englobar a zona costeira num ambiente tecnológico, mas por contribuir para o alargamento do Porto como uma cidade inteligente e de veículos interligados.


Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.