A Associação dos Operadores de Telecomunicações (APRITEL) tem um novo modelo de governação onde deixa de haver um presidente, sendo a entidade liderada por um secretário-geral. A jurista Daniela Antão assume esse cargo e passa a ser a principal porta-voz da organização.



“Daniela Antão é formada em direito, tem uma pós-graduação em direito da concorrência e um MBA, tem um conhecimento profundo e uma vasta experiência do setor das telecomunicações”. A especialista desempenhou funções na Sonaecom e na Cabovisão, sempre ligada às questões da regulação, explica a associação em comunicado.



A AR Telecom, a Cabovisão, a Oni, a NOS, a Vodafone e a PT continuam a fazer parte da direção da organização que representa os operadores.



Além da mudança na estrutura organizativa e na liderança, a “nova” APRITEL apresentou-se hoje, 5 de agosto, aos jornalistas com a promessa de querer fazer uma aproximação aos consumidores.



"Consumidores que tenham um melhor conhecimento dos contratos, serviços e tecnologias são consumidores esclarecidos e isso faz dos operadores melhores operadores. Lanço repto às associações de defesa dos consumidores para que estejam abertos a formas de colaboração com a Apritel", disse Daniela Antão, citada pelo Dinheiro Vivo, durante a conferência de imprensa.


Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.