Depois de alguns adiamentos dos trabalhos devido à pandemia de COVID-19, o processo da retoma da migração da televisão digital terrestre (TDT) tem início esta quarta-feira, dia 12 de agosto, no distrito de Portalegre. O processo irá prolongar-se até ao dia 21 de agosto, e tem como objetivo mudar a frequência dos seguintes emissores:

  • Alter do Chão - dia 12
  • Sousel - dia 17
  • Elvas - dia 18
  • Campo Maior e Arronches - dia 19
  • Castelo de Vide e Nisa - dia 20
  • Gavião e Mação (distrito de Santarém) - dia 21

Tal como as anteriores regiões que receberam mudança de frequência dos emissores, se for utilizador da TDT e o seu ecrã ficar negro, apenas terá de fazer a sintonia da televisão ou do descodificador de TDT e poderá continuar a ver televisão gratuitamente, como tem acontecido até agora.

A Anacom alerta de que não é necessário substituir ou reorientar a antena, nem trocar a televisão ou o descodificador, e ninguém terá de subscrever serviços de televisão paga. Apenas os condomínios/edifícios que tenham instalações com amplificadores mono-canal podem ter de os substituir.

Caso não consiga fazer a sintonia dos equipamentos por si ou com a ajuda prestada através do número gratuito 800 102 002, entre as 9h e as 22h, a ANACOM agendará uma visita a casa da pessoa de técnicos devidamente identificados para proceder à sintonia, de forma gratuita.

A rede TDT é composta por 243 emissores, faltando migrar 180. Quando o processo foi suspenso no dia 13 de março, já tinha sido alterados 63 emissores.

tdt

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.