A NSA desenvolveu um programa de espionagem em 2009 que permitia gravar todas as chamadas telefónicas feitas em qualquer país do mundo e aceder às mesmas até um mês depois. Conhecido como MYSTIC, o mais recente estratagema de espionagem a vir a público funciona como uma máquina do tempo já que possibilita aceder às chamadas vários dias depois de estas terem sido feitas.

A revelação é feita pelo The Washington Post que cita pessoas próximas ao programa de vigilância e baseia-se também em documentos que tiveram origem em Edward Snowden. A ferramenta de recolha de telefonemas dá pelo nome de RETRO.

De acordo com o relatório milhões de minutos de conversações eram armazenados durante um mês, havendo depois uma renovação das chamadas guardadas - saiam as mais antigas para abrir espaço para as mais recentes.

Com este sistema a agência de segurança norte-americana podia aceder a chamadas telefónicas que considerasse relevantes, mesmo depois de estas terem acontecido. Uma fonte chegou a dizer que o programa estava a enviar mais informação do que aquela que a largura de banda conseguia suportar.

O jornal norte-americano diz que por pedido de entidades oficiais dos EUA não revela qual o país onde o MYSTIC está a ser aplicado nem quais os seis países onde estava prevista a sua implementação.

Uma porta-voz da NSA já veio a público criticar as reportagens constantes em que são referidos os alegados programas de espionagem da agência, uma atitude que coloca em risco as operações tendo em visto a segurança dos EUA, explicou Vanee Vines ao WSJ.

A reportagem diz ainda que além da NSA outras agências de inteligência norte-americanas têm acesso à ferramenta RETRO.

Durante o dia de ontem, 18 de março, Edward Snowden através de uma videoconferência numa Ted Talk em Vancouver, Canadá, prometeu que nos próximos tempos vão ser feitas mais revelações sobre os programas de espionagem dos EUA.


Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.