A Nokia referiu em conferência que a sua tentativa de impulsionar a promoção da televisão móvel não surtiu o efeito desejado. Mesmo depois de a União Europeia anunciar o suporte ao DVB-H, apenas alguns operadores na Europa abriram serviços móveis de difusão televisiva e outros apenas testam a tecnologia para verificar a sua viabilidade.



As declarações do chefe da divisão de serviços de Internet da fabricante, Nielas Savander, indicam ainda que a adopção mostra-se lenta por parte dos utilizadores por estes darem prioridade à transmissão de dados por redes 3G, "o que acaba por gerar mais receitas de transmissão para os operadores, mesmo limitando a qualidade da imagem e o número de utilizadores" com acesso.



O mesmo responsável refere ainda que "há muitos segmentos que não estão interessados na transmissão, mas sim na descarga de dados", o que faz com que os utilizadores continuem a dar prioridade ao download de clips de vídeos e não na transmissão directa de conteúdos.



Até aqui os serviços comerciais de televisão digital estão apenas disponíveis na Finlândia, em Itália, Singapura, Filipinas, Vietnam e Malásia. Portugal já se aliou aos testes à tecnologia DVB-H, estando o mesmo a acontecer em países como a Índia, China e Irão



Notícias Relacionadas:

2008-03-17 - DVB-H registado como norma comum no espaço comunitário

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.