Portugal ocupa a 27ª posição em 37 possíveis na taxa de penetração da Internet nos países europeus, segundo a análise da União Internacional das Telecomunicações (UIT). Apesar da posição recuada em comparação com outras nações europeias, Portugal cresceu cerca de cinco pontos percentuais no número de indivíduos com acesso à grande rede entre 2011 e 2012.

No índice de indivíduos que usam Internet os países do norte da Europa dominam, sendo que dos sete países que registam taxas de penetração acima dos 90%, cinco são nações nórdicas. A Islândia e a Noruega lideram este ranking com um índice não muito distante do valor "toda a população está ligada".

No ranking de desenvolvimento elaborado pela UIT a nível global Portugal supera por larga margem a média mundial, ao registar quase sete pontos em nove possíveis. Os portugueses ficam no entanto abaixo da média europeia dos países desenvolvidos, como representa o seguinte gráfico:

[caption]UIT 1[/caption]

Portugal que em 2011 tinha cerca de 20% da população como subscritora de serviços de banda larga, em 2012 cresceu 11 pontos percentuais. Apesar dos 31%, o número é insuficiente para tirar os portugueses das posições mais recuadas da tabela europeia. Nota para o gráfico liderado pela Finlândia, que permite que os valores sejam acima de 100% já que um utilizador pode subscrever vários serviços de banda larga.

[caption]UIT 2[/caption]

No relatório parcial divulgado pela UIT, Portugal é o 11º país europeu onde a banda larga fixa é mais barata - num total de 39 países analisados -, e ocupa a 46ª posição no que diz respeito ao preço mais elevado tendo em conta as médias mundiais.

Nos números da organização mundial das telecomunicações, Portugal é um dos países destacados no processo de transição para a televisão digital terrestre (TDT), pelo programa de subsídios que foi promovido pela Anacom, Portugal Telecom e pela Segurança Social.


Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.