A Europa precisa de reagir à má situação financeira do sector de Telecomunicações, afirmou o Presidente francês, Jacques Chirac, durante o Conselho Europeu que se realizou no final da passada semana. O responsável do Estado francês defendeu que a União Europeia precisa de criar uma nova política e apelou a medidas concretas que devem ser apresentadas em Março do próximo ano, noticiou a agência Associated Press.



Jacques Chirac havia já mostrado a sua intenção de levantar a questão das telecomunicações durante o Conselho Europeu face ao desconforto crescente das dificuldades financeiras que o sector atravessa. A France Telecom, empresa incumbente francesa na qual o estado detém ainda uma participação significativa, conta actualmente com dívidas na ordem dos 70 mil milhões de euros.



Para o plano de emergência que defende, Jacques Chirac não avançou nenhuma ideia, tendo ressalvado apenas que as empresas de telecomunicações europeias correm agora o risco de perder a sua liderança nesta área. O presidente afirma que a culpa da situação se deve principalmente os elevados valores dos leilões de licenças para a terceira geração de comunicações móveis.

Notícias Relacionadas:

2002-04-29 - Apritel receia regresso ao monopólio nas Telecomunicações

2001-03-26 - Conselho Europeu quer acelerar harmonização das telecoms

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.