A PT Comunicações procedeu ontem à publicação de uma nova versão da sua Oferta de Referência de Acesso ao Lacete Local (ORALL), documento que estabelece as condições em que os outros operadores de rede de telecomunicações podem utilizar a rede da PT Comunicações para prestarem serviços aos seus clientes.



De acordo com um comunicado da PT Comunicações, esta versão acolhe na integra a determinação da ANACOM de 2 de Abril passado, nomeadamente no que se que diz respeito à definição dos procedimentos e condições para o acesso ao sub- lacete local.



Segundo esse documento, a PT Comunicações incluiu nesta versão a possibilidade daqueles operadores acederem aos serviços abrangidos pela ORALL em mais 20 centrais e, deste modo, o acesso ao lacete local fica, a partir desta data, disponível num total de 100 centrais da PT.



A PT Comunicações informa ainda que até ao momento quatro operadores já manifestaram interesse em recorrer aos serviços prestados por si no âmbito da ORALL, mas apenas dois utilizam lacetes alugados a esta empresa.



Notícias Relacionadas:

2002-04-17 - ANACOM insatisfeita com oferta da PT Comunicações de circuitos alugados propõe reduções

2001-12-19 - ICP reduz em 5 a 90 por cento os preços apresentados pela PT para o lacete local partilhado

2001-12-07 - ICP define penalizações para incumprimento de prazos na liberalização do lacete local

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.