Numa proposta de "reinvenção" do negócio, o grupo Portugal Telecom deu hoje a conhecer a sua nova estratégia para a área da rede fixa, assente num conjunto de iniciativas entre as quais está a disponibilização de diversos serviços, como o SMS ou o vídeo.



"O negócio do fixo está vivo, tem o seu próprio espaço e méritos e é complementar aos outros negócios do grupo PT", garantiu Carlos Vasconcellos Cruz, presidente executivo da PT Comunicações, durante a apresentação da nova estratégia do grupo PT.



A aposta, que vinha sendo desenvolvida desde há pouco mais de seis meses, é vista por Miguel Horta e Costa, presidente executivo da Portugal Telecom, como "um desafio que se irá revelar numa grande vitória para o grupo PT", garantiu durante a conferência desta manhã.



Uma nova forma de relacionamento com os clientes

"Obcecada pelo cliente", segundo palavras de Carlos Vasconcellos, a estratégia para "dar vida ao velho par de cobre" passa pela promoção de um novo relacionamento com os consumidores, com uma segmentação diferente da promovida até agora, e pela reformulação das ofertas comerciais, nomeadamente ao nível dos equipamentos e dos planos de tráfego.



A PT Comunicações passa assim a subdividir as três categorias de clientes a que se dirigia. Além do base, o segmento residencial contará com mais cinco sub-segmentos, entre jovens, FTAs (famílias tecnologicamente avançadas) e VIPs, enquanto o segmento profissional se dividirá em oito sub-categorias (advogados, médicos, comércio, etc) e o empresarial em outras oito (automóvel, autarquias, hotelaria, entre outras). Com a maior segmentação, a PT Comunicações pretende oferecer soluções e serviços mais próximos do pretendido pelos diversos tipos de cliente.



Para uma rede fixa com mais movimento

Existirão igualmente alterações ao nível dos equipamentos terminais de telefone que, associados a diferentes designs, passam a integrar novas funcionalidades, como a vertente SMS, voice mail, identificador de chamadas, agenda ou capacidades vídeo.



Com designações comerciais como PTBasic, PTFun ou PTEvolution, os preços dos novos equipamentos poderão ser comparados aos praticados para a gama média/alta no mercado móvel, afirmam os responsáveis pela empresa. Todos eles terão associado um determinado valor em chamadas PT.



O primeiro dos novos modelos a surgir no mercado será o PTEvolution, um telefone que na versão sem fios integrará agenda e possibilitará a identificação do número chamador, assim como o envio de mensagens em SMS.



Além dos novos telefones, os clientes PT poderão dentro em breve adquirir pacotes de chamadas da operadora com desconto. Disponíveis nos pontos de venda habituais, as famílias de planos de preços estarão divididas por destino, horário ou grupos de utilizadores.



A estratégia de reinvenção da rede fixa da PT passa ainda pela aposta na disponibilização de ofertas baseadas em banda larga como a de Telesegurança ou a de Televigilância, além do existente acesso à Internet em banda larga.



Os clientes da PT Comunicações serão surpreendidos pelo novo conceito de Loja PT, espaços que surgirão ao longo do corrente ano e que obedecerão a uma estética diferente do habitual, assim como a um novo estilo de atendimento. As Lojas PT passarão também a ter um odor característico, revelando a aposta da empresa no chamado "marketing aromático", acrescentou Carlos Vasconcellos Cruz.



Notícias Relacionadas:

2003-02-24 - Novo tarifário Jazztel para empresas quer abalar concorrência

2003-02-21 - Sonae.com processa PT por "concorrência desleal"

2003-02-18 - Novos preços do serviço fixo de telefone a partir de 21 de Fevereiro

2003-01-29 - Apritel contra novo tarifário de circuitos alugados proposto pela PT Comunicações

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.