Foi hoje anunciada pela Porto Editora a disponibilização em Portugal do Route 66 Mobile 2005, a versão do software de navegação que funciona em telefones móveis com sistema operativo Symbian. As expectativas da empresa para esta versão são muito positivas e estão a ser trabalhados possíveis acordos com os operadores móveis para colocar nas lojas um pacote que junte telemóveis compatíveis com o software da Route 66.



A aplicação custa 399,99 euros e inclui um módulo GPS Bluetooth (que permite a orientação geográfica segundo coordenadas fornecidas por um sistema de satélites geostacionários), que facilita a orientação do utilizador em situações de mobilidade. A partir da próxima semana a Porto Editora conta colocar o pacote em todas as lojas do país, esperando vendas de 2 mil unidades até ao final do ano.



Rui Costa, responsável na Porto Editora pela gestão do produto, admite porém que se forem conseguidos acordos com os operadores móveis estes números de vendas podem ser superiores. Da mesma forma a Route 66, a empresa holandesa que produz o software de navegação, mantém negociações a nível internacional com os fabricantes de telemóveis compatíveis, onde se contam a Nokia, Samsung, Sendo e Siemens.



A utilização do software é independente do operador a que o portador do telemóvel está ligado, já que toda a informação necessária para a navegação e a definição de rotas está residente no equipamento, através de um cartão MMC (MultiMediaCard) suportado pelos telemóveis Nokia 6260, Nokia 6600, Nokia 6620, Nokia 6630, Nokia 7610, Nokia N-Gage, Nokia N-Gage QD, Siemens SX1 e Sendo X.



Para já a versão disponibilizada do ROUTE 66 Mobile 2005 inclui os mapas relativos à Peninsula Ibérica, mas até ao Natal será ainda comercializado um pacote que já inclui toda a Europa Ocidental.

Notícias Relacionadas:

2002-04-10 - Planear itinerários com as novas aplicações da Route 66

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.