A Tele2 anunciou que está a abandonar o mercado finlandês devido às condições do mercado e ao próprio ambiente regulatório na Finlândia. Paralelamente a esta decisão, a operadora sueca decidiu terminar o processo de candidatura a uma licença 3G naquele país, avançando que toda a administração de clientes existentes será transferida para a Suécia.

Lars-Johan Jarnheimer, director geral da Tele2, lamenta a decisão mas "dado o actual ambiente do mercado, vemos melhores oportunidades noutro lado. Por esta razão, decidimos acabar com qualquer investimento de marketing na Finlândia", refere em comunicado.

Disposta a recuperar quota de mercado, a operadora anunciou que depois da aquisição da Votec Mobile em Dezembro de 2004, lançou uma rede GSM na região de Voronezh, a décima segunda na Rússia sob a marca Tele2. A população coberta pela licença GSM chega aos 2,4 milhões e a penetração móvel da região é de aproximadamente 40 por cento.

O director geral da companhia referiu que "o mercado móvel russo oferece um potencial de crescimento para a Tele2 e os lançamentos efectuados revelam que os clientes estão satisfeitos com as nossas ofertas".

De acordo com alguns analistas, o mercado finlandês está saturado em termos de assinantes e os MVNOs (operadores móveis virtuais) estão "a dificultar a vida de todos". Até a TeliaSonera, admitiu estar com dificuldades de adaptação face à competitividade dos preços.

Notícias Relacionadas:

2005-07-15 - Tele2 compra operadora espanhola do Grupo Oni

2004-07-08 - Tele2 antecipa metas para o mercado português

2004-06-30 - Operadores suecos querem ver regras para o 3G alteradas

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.