5 Formas da sua empresa tirar partido da nova legislação sobre faturação e faturas eletrónicas
Miguel Zegre (*)

Os mercados estão cada vez mais dinâmicos. A competitividade das empresas é hoje, mais do que nunca, um fator fundamental de sobrevivência. O focus na produção/entrega de bens e serviços "core" da empresa e a otimização máxima das tarefas administrativa é uma necessidade imediata.

O estado português, sendo inovador em matérias de governo eletrónico, e com uma necessidade cada vez mais urgente em controlar a fuga ao fisco e a economia paralela, publicou recentemente um conjunto de alterações legislativas que promovem a adoção da desmaterialização da troca de documentos entre empresas, nomeadamente faturas, e premeiam as empresas que usem mecanismos de faturação eletrónica

Como agir para que a sua empresa não perca este comboio? Existem 5 formas muito fáceis da sua empresa tirar partido desta nova realidade.

[caption]Nome imagem[/caption]
1. Com soluções de faturação eletrónica, a sua empresa pode automatizar e melhorar o processo de contabilização e integração das faturas, reduzindo os erros existentes diariamente nos múltiplos processos manuais normalmente associadas a temas de faturação e administrativos. O sucesso e a rentabilidade de uma empresa está intimamente ligado com o rácio custo administrativo vs. Custo produtivo. Quanto mais baixo for este rácio, mas probabilidade a empresa tem de ter sucesso num mercado cada vez mais global

2. A promoção da comunicação online da informação para a Autoridade Tributária (AT) tem, como principal objetivo, fazer um controlo cada vez mais apertado da atividade económica das empresas. A AT irá, cada vez mais, "premiar" as empresas que adotem práticas de comunicação online, quer permitindo reembolsos mais rápidos de IVA ou criando benefícios fiscais para as mesmas. A nova lei permite para as empresas que usem faturação eletrónica essa comunicação online, o que as fará estar na primeira linha para terem acesso a tais benefícios

3. O caminho da desmaterialização não ficará, como hoje já é sabido, apenas pelos documentos de faturação. Também os outros documentos de suporte ao negócio, tais como ordens de compra, guias de remessa e ordens de pagamento seguirão esse caminho. Está já legislado, e entrará em funcionamento em Maio de 2013, uma nova legislação que permite a desmaterialização da guia de remessa, substituindo esse documento por um código, fornecido pela AT, mediante uma comunicação prévia do transporte a efetuar.

4. Os pagamentos e a gestão de tesouraria, tema fundamental numa economia ávida de recursos financeiros imediatos, também sairão beneficiados, na medida em que uma informação mais fluida dos fluxos financeiros de negócios entre empresas permitirá a adoção de plataformas de descontos dinâmicos, o que possibilitará a fornecedores receberem mais cedo por um bem ou serviço prestado, suprindo desta forma fácil algumas necessidades mais imediatas de tesouraria. Não será também de estranhar que, num futuro não muito distante, o próprio estado permita as empresas que optem por este método de regularização de faturas efetuarem o acerto do IVA com a Administração Fiscal apenas quando efetivamente recebam o pagamento da fatura, e não quando a emitem como fazem atualmente

5. Num mercado cada vez mais global, a problemática do controlo das trocas comerciais entre países dos diferentes estados membros da EU, ou mesmo entre outros países fora do espaço europeu, irá assumir um papel cada vez mais relevante, até porque cada estado tem as suas próprias regras em matéria fiscal. A nova diretiva prevê o direito de acesso em linha, por parte da Autoridade Tributária de cada estado, as trocas comerciais com origem ou destino no seu país, para que possam controlar o imposto devido em cada caso. Com as plataformas de faturação eletrónica esse acesso pode ser fornecido de forma imediata.

As razões expostas acima comprovam o benefício que os sistemas de faturação eletrónica podem trazer às empresas nacionais, tornando-as mais competitivas numa escala global, onde cada cêntimo conta. Não deixe para amanhã um tema tão importante como a competitividade da sua empresa. Aja agora!

Bons negócios (e rentáveis).

(*) Chief Marketing Officer da Saphety

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.