O Programa Carnegie Mellon Portugal (CMU Portugal) lançou um concurso para projetos de Inovação e Desenvolvimento Tecnológico liderados por empresas nacionais. As candidaturas já estão abertas e terminam a 31 de maio.

Estarão disponíveis cerca de cinco milhões de euros para financiar entre três e quatro projetos, por um período máximo de três anos. As propostas devem abranger um ou mais dos seguintes tópicos: Ciência e Engenharia de Dados, Inteligência Artificial e Aprendizagem Automática, Mobilidade e Autonomia, e Design e Engenharia aplicados a problemas sociais complexos.

Nuno Nunes, co-diretor do Programa, refere em comunicado que “a expectativa é conseguir atrair algumas das melhores empresas nacionais na área das Tecnologias de Informação e Comunicação e reforçar a colaboração entre empresas e instituições nacionais de referência em áreas como a Inteligência Artificial, contando com o apoio de investigadores de topo em Carnegie Mellon”.

De acordo com Rodrigo Rodrigues, também co-diretor do Programa, “a grande diferença para os concursos anteriores é o facto de neste ser exigida a liderança de uma empresa nacional”, o que implica “um maior envolvimento e compromisso do tecido empresarial”.

O orçamento mínimo previsto para esta iniciativa é de cinco milhões de euros, sendo que cada projeto deverá contar com um financiamento de 1,25 milhões de euros para os três anos de duração do projeto.

As candidaturas deverão ser apresentadas através do balcão2020.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.