O lançamento deste concurso marca a terceira fase das parcerias internacionais com a Universidade de Carnegie Mellon, o MIT e a Universidade do Texas em Austin (UT Austin), que começou em 2018 e se estende até 2023.

Com a nova call, o objetivo é “atribuir às empresas nacionais o papel de dinamizadoras das redes e de projetos colaborativos, com o apoio das instituições de I&D portuguesas e tirando partido da experiência e do conhecimento das universidades norte-americanas”, referem os promotores em comunicado.

Podem candidatar-se projetos de colaboração liderados por empresas portuguesas, realizados em parceria com entidades académicas nacionais, escolhendo um dos tópicos abrangidos em cada um dos programas.

Sob o CMU Portugal os temas são Ciência e Engenharia de Dados, Inteligência Artificial e Aprendizagem Automática, Mobilidade e Autonomia e Design e Engenharia aplicados a problemas sociais complexos. No âmbito do Programa MIT-Portugal estão os temas Clima e Alterações Climáticas, Sistemas Terrestres: Dos oceanos para o Espaço, Transformação Digital na Indústria e Cidades Sustentáveis.

Já sob o UTA-Portugal poderão concorrer projetos relacionados com Interações Espaço-Terra, Física Médica para Terapias Emergentes, Computação Avançada, Computação Quântica, Análise de Dados e Visualização e Nano Materiais para Novos Mercados.

Os projetos a concurso deverão incluir a participação de pelo menos um investigador principal da Universidade de Carnegie Mellon, do MIT ou da UT Austin, num ou mais tópicos referidos para cada parceria.

A call será lançada na plataforma Balcão Portugal 2020.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.