Há muita escolha nas lojas de aplicações da Apple e da Google e por vezes é difícil escolher as melhores, mas a equipa do SAPO TEK escolheu esta semana mais um pacotes de opções variadas, com apps para relaxar, jogar e aprender.

Já pode "experimentar" artigos antes de comprar diretamente no Instagram

A nova funcionalidade torna a aplicação numa espécie de provador virtual para acessórios e maquilhagens.

O Instagram está a desenvolver a sua vertente comercial há já alguns anos. Depois de ter introduzido as páginas de venda e o ecommerce, a plataforma continua a reunir funcionalidades que a tornam cada vez mais amiga dos consumidores, das marcas e das compras online.

tek insta

Agora, com a Spark AR, a plataforma de realidade aumentada do Facebook, torna-se possível experimentar artigos de forma virtual, diretamente na aplicação. Em comunicado, o Instagram confirmou que agora é possível experimentar óculos da Ray-Ban e da Warby Parker, por exemplo, bem como maquilhagem das marcas MAC e NARS.

A funcionalidade está acessível através dos próprios posts das marcas, das suas páginas e das stories.

Em breve pode dizer adeus aos anúncios de “dietas milagrosas” no Instagram
Em breve pode dizer adeus aos anúncios de “dietas milagrosas” no Instagram
Ver artigo

Por agora, a funcionalidade permite experimentar tons de maquilhagem e óculos com diferentes armações e lentes. Na prática, é possível testar diferentes tipos de batom, em tempo real, e comparar cores. Ainda é possível comprar o produto sem sair do Instagram e convidar contactos a experimentar artigos específicos.

Este novo sistema vai estar disponível na última versão da app, quer para iOS, quer para Android, pelo que terá de a ter atualizada para poder experimentar a funcionalidade.

Mais importa dizer que é com base nesta plataforma de realidade aumentada que os utilizadores podem agora criar os seus próprios filtros de AR para o Instagram.


Deslize por 160 puzzles e resolva desafios com o poder dos ímans em Magnibox

Para os fãs de videojogos para dispositivos móveis que combinam plataformas e puzzles com uma forte inspiração na pixel art, Magnibox pode ser uma boa solução para passar o tempo, de uma forma divertida.

Após ter trabalhado para a Nitrome, a produtora britânica independente de videojogos, o programador Joseph Gribbin decidiu lançar o seu próprio título com uma forte inspiração na pixel art.

Direcionado especialmente para os fãs videojogos para dispositivos móveis que combinam plataformas e puzzles, em Magnibox o jogador transforma-se numa pequena caixa que, tal como o nome do título já indica, é também um íman.

Deslizando ao longo de 160 puzzles, o jogador terá de encontrar formas diferentes de usar o poder da física para ativar alavancas, tentar não ser atingido por lasers, recolher power-ups e conseguir chegar intacto ao fim de cada nível.

Em Magnibox o grau de dificuldade não é linear e quem se aventurar no jogo pode deparar-se com uma série de níveis relativamente fáceis seguida por uma mais complicada. No entanto, uma vez que todos os níveis estão desbloqueados desde o início o jogador poderá saltar de um puzzle para outro caso precise de mais tempo para pensar em como vai chegar a uma solução.

O jogo destaca-se ainda pelo ênfase em criar uma experiência relaxante para o utilizador, pois, ao contrário de outros puzzle-platforms, Magnibox não tem um limite de tempo. Além de deixar o jogador resolver os desafios a seu tempo, a banda sonora funky do título promete motivá-lo a chegar ao fim até dos níveis mais complicados.

O jogo desenvolvido por Joseph Gribbin está disponível para dispositivos móveis com sistemas operativos Android, na Play Store, e para iOS, na App Store, por 4,69 euros.


Sleep: durma em paz com a próxima aplicação da Apple

Referência a uma app chamada Sleep antecipa o lançamento da muito pedida aplicação de monitorização do sono.

Não é segredo que a Apple há muito que tenta posicionar os seus smartwatches como aparelhos de fitness e bem-estar. No entanto, apesar dos inúmeros sensores integrados, nenhum dos modelos consegue ainda monitorizar o sono de forma nativa. De momento, se quiser medir o seu sono, terá de descarregar uma app feita por terceiros. Mas a empresa norte-americana quer mudar isso.

tek sleep

Uma imagem da app Alarms conta com uma referência a uma outra app, nunca antes lançada pela tecnológica, chamada Sleep. Com base na descrição que pode ser lida no screenshot, é possível perceber que a aplicação vai servir para definir horas de deitar e horas de acordar, com base nas quais a Sleep vai notificar o utilizador.

Sugestão TeK: 7 novas funcionalidades que estão a chegar ao Apple Watch
Sugestão TeK: 7 novas funcionalidades que estão a chegar ao Apple Watch
Ver artigo

O desenvolvimento de uma app dedicada ao sono indica que a Apple quererá levar este momento a um outro nível de interação com o digital, pelo que se presume que a Sleep servirá também para monitorizar padrões de sono de forma a suavizar o despertar do utilizador. A funcionalidade não é uma novidade no mercado das aplicações, mas é uma novidade no leque de apps da Apple, que ainda não conta com nada semelhante no arquivo.

Já por várias vezes os rumores indicaram que esta funcionalidade iria ser integrada nos Apple Watches, especialmente depois de, em 2017, a empresa ter adquirido a Beddit, marca especializada em hardware de monitorização do sono.

No passado mês de setembro, o portal 9to5Mac adiantou, citando fontes internas, que o Apple Watch iria ganhar esta funcionalidade. A referência neste screenshot leva-nos a crer que a app pode surgir em breve numa atualização do watchOS.


Huawei lança app StorySign para iOS com quatro novos livros para ajudar crianças surdas a aprender a ler

A aplicação gratuita pretende ajudar as crianças surdas a aprender a ler, de forma autónoma ou com os seus familiares.

A Huawei revelou que a sua aplicação StorySign, que ajuda crianças a interpretar livros infantis em língua gestual chegou aos dispositivos com o sistema operativo iOS da Apple. Para completar a oferta, a fabricante apresenta ainda quatro novos livros em Língua Gestual Portuguesa (LGP), adicionando ainda a nova Língua Gestual Americana (ASL) às 14 já existentes.

A fabricante chinesa refere que investiu no projeto meio milhão de dólares em projetos de literacia, em parceria com a European Union of the Deaf (EUD), tendo disponibilizado 52 novos livros na aplicação, lançada pela primeira vez em dezembro de 2018.

Os livros foram desenvolvidos em conjunto com especialistas e instituições de responsabilidade social ligadas à comunidade surda, de forma a garantir a oferta de uma ferramenta útil para as crianças e respetivos pais.

Estima-se que existam 32 milhões de crianças surdas a nível global, muitas das quais com dificuldades em aprender a ler, e a Huawei quer contribuir com a sua tecnologia “para fazer do mundo um lugar melhor”, afirma em comunicado.

A ASL, a primeira língua gestual usada nos Estados Unidos, Canadá e países em toda a África, Ásia e América Central, é a língua gestual mais utilizada no mundo, sendo importante para o objetivo da Huawei, que é criar ferramentas para que as crianças surdas desenvolvam a sua capacidade de leitura e assim consigam uma melhor integração na sociedade.

Tendo em conta que 90% das crianças surdas nascem com pais que ouvem, sem acesso imediato à língua gestual, a Huawei pretende diminuir essa dificuldade em lidar com o processo de aprendizagem da criança. A app StorySign é uma forma de alertar para os desafios das crianças surdas na altura de aprender a ler.

Os quatro novos livros da aplicação StorySign, estão disponíveis em 11 países, 13 idiomas, no total de 52 novos livros em todo o mundo.


Anda sempre numa correria? Acalme com esta app

Esta é mais uma aplicação em que o nome não engana: a Calm quer acalmá-lo. E Como? Com propostas que vão desde música para relaxar a histórias para dormir.

A Calm já cá anda há algum tempo e até tem somado algumas distinções, tanto na versão iOS como na versão Android. O seu propósito está desde logo patente no nome: acalmar os seus utilizadores. E para isso tem uma mão cheia de propostas.

A aplicação propõe desde música para relaxar ou concentrar-se, a histórias para adormecer, passando pelos sons da natureza, programas de respiração e masterclasses de meditação. As lições de meditação estão disponíveis cm diferentes períodos de duração, começando nos três minutos e indo até um máximo de 25 minutos.

Os criadores da Calm prometem cativar desde iniciantes aos utilizadores mais experientes nisto de acalmar ansiedades, gerir o stress, dormir melhor ou treinar o foco e a concentração.

Como mencionado no início, a Calm - Meditate, Sleep, Relax está disponível para dispositivos Android e para dispositivos iOS. Tem uma versão gratuita, mas o acesso a determinadas opções é pago.


Faraway é um desafio repleto de puzzles em ambientes “deslumbrantes”

Para estimular a mente, o jogo apresenta diversos puzzles de lógica e associação de símbolos, lembrando o clássico Myst.

Em Faraway, o jogador encarna um aventureiro que tem de explorar ruínas de templos antigos, qual Indiana Jones à procura de segredos e tesouros. Mas a motivação do protagonista é seguir as pisadas do seu pai, um colecionador de artefactos raros que desapareceu misteriosamente há 10 anos.

A narrativa deste jogo para dispositivos Android e iOS transporta os jogadores para diferentes cenários de aventura, entre desertos, oásis e ruínas de antigas civilizações, mas para avançar, terá de resolver os inúmeros puzzles disponíveis, pois só dessa forma poderá obter os ambicionados segredos.

O jogo faz uma homenagem o clássico Myst, com desafios ligados à lógica e à capacidade de observação de todos os pormenores, utilizando objetos para resolver os puzzles. Para escapar aos labirintos do cenário terá de manipular dispositivos no cenário.

Ao todo, Faraway: Puzzle Escape apresenta 18 níveis para superar, sendo que os primeiros nove são gratuitos, para experimentar livremente. Pode fazer o download da versão Android na Google Play e a versão iOS na App Store.


Google Maps atualizado com mais guias auditivos para ajudar cegos a caminharem na rua

A aplicação adiciona guias de voz mais detalhados, assim como novas instruções durante as caminhadas na rua.

Para comemorar o dia mundial da visão, decorrido a 10 de outubro, a Google lançou uma atualização para o Maps que adiciona guias de voz mais detalhadas à aplicação, oferecendo às pessoas com problemas de visão e cegos uma maior autonomia durante as suas deslocações. A tecnológica afirma que se trata de uma funcionalidade construída de raiz por e para pessoas cegas.

A funcionalidade pretende permitir às pessoas caminharem pela rua de forma mais confortável, e de forma proativa informá-las se estão na rota correta, a distância para a próxima mudança de direção e outras instruções.

Sempre que os utilizadores encontram um cruzamento, serão notificados com mais elementos auditivos para aumentar a sua segurança. No caso de o utilizador desviar-se da rota definida, o sistema oferece instruções de reencaminhamento.

Segundo o testemunho de uma utilizadora, como parte do programa de testes da funcionalidade, que é cega, o detalhe das instruções áudio dá-lhe mais confiança não só nas suas caminhadas do quotidiano, mas também para explorar novos locais.

A funcionalidade já está disponível na nova atualização do Google Maps nas versões Android e iOS, para já apenas nos Estados Unidos e no Japão, nas respetivas línguas, chegando em breve a mais mercados.


Madefire quer tornar o mundo das comics numa experiência interativa e imersiva

A pensar nos fãs de banda desenhada a aplicação promete ir além da folha de "papel digital" combinando efeitos visuais e sonoros no seu leitor de comics.

Em Madefire Comics & Motion Books os utilizadores têm acesso a variadas bandas desenhadas: desde os clássicos da DC comics, à semelhança das aventuras de Batman ou do Super-Homem, a publicações da Dark Horse, Oni Press, IDW entre muitas mais.

A aplicação destaca-se pelos seus Motion Books que prometem transformar a leitura de banda desenhada numa experiência interativa e imersiva. Para tal combina diversos efeitos visuais e sonoros, transições animadas e painéis dinâmicos nas comics que disponibiliza ao utilizador.

Um dos Motion Books exclusivos da aplicação é Batman Arkham Origins, sendo uma prequela do videojogo que toma o mesmo nome. Na banda desenhada interativa os leitores poderão encarnar o papel do Cavaleiro das Trevas e escolher a sua própria aventura.

A aplicação desenvolvida pela Madefire está disponível gratuitamente para dispositivos móveis Android, na Play Store, e iOS, na App Store. Embora o seu download seja grátis algumas das bandas desenhadas podem ter custos adicionais. Os mais curiosos podem visitar a página da plataforma para ficar a saber mais sobre os seus lançamentos e conteúdos exclusivos.


Instagram mexeu na câmara das Stories (e também quer que escolha entre dois amores)

Os últimos dias têm sido de algumas novidades para o lado do Instagram, desde o lançamento de novas ferramentas, à retirada de opções que existiam desde os primórdios da aplicação. E agora há mais “mexidas”.

Depois do lançamento da Threads, “uma ferramenta para amigos chegados” - que não estará a ter muito sucesso - e da retirada do separador "A Seguir", onde era possível ver a atividade recente das pessoas que seguíamos na rede social - que não fazia falta a muita gente, mas afinal parece que faz falta a muita gente -, a equipa do Instagram “voltou à carga”.

Começou por alterar algumas das caraterísticas associadas à câmara das Stories, reorganizando os filtros e as opções. Um dos destaques é o novo modo “Criar”, que reúne num só local diversas funções antes dispersas, como é o caso do recurso Neste Dia, que irá surgir sempre que houver fotos antigas daquele dia para “repostar”.

A par destas pequenas mudanças, a equipa do Instagram também anda a fazer perguntas aos utilizadores numa espécie de “melhor de dois”, em que põe contas lado a lado, para que escolha aquela que gosta mais das duas. As respostas vão servir para “ajudar a melhorar o Instagram”, refere a equipa no agradecimento final.

O Instagram continua a ser gratuito e está disponível a partir da Play Store e da App Store.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.