O The Wall Street Journal avança que o Spotify pode estar a preparar o lançamento de um serviço de vídeos online.

De acordo com o jornal, a empresa sueca tem estado em conversações com diversas “companhias especializadas em produzir conteúdos para o YouTube” sobre possíveis parcerias. A empresa tem vindo, alegadamente, a inquirir essas companhias sobre a compra de conteúdos já existentes e sobre a possibilidade de fazer colaborações para produzir material original.

A maior parte dos concorrentes do serviço de streaming já oferecem serviços de vídeo, como o recente Tidal – que possibilita o acesso a videoclipes e a conteúdo exclusivo de vários artistas de música – e o Google Music Key, que permite ao utilizador ver videoclipes sem qualquer publicidade.

Por outro lado, o Rdio lançou um serviço de vídeo pago, o Vdio, que se tornou num fracasso colossal encerrando um ano após o seu lançamento. Então, o Spotify a dar os primeiros passos na área do vídeo pode ser um aspeto atrativo para novos clientes, como provam o Google e o Tidal, ou uma distração inútil, como o Rdio.

O Spotify anunciou que fará uma conferência de imprensa dia 20 de maio, no entanto é incerto se a companhia revelará alguma informação adicional.

Mas numa altura em que a imprensa internacional tem falado de uma pressão da Apple e das grandes editoras relativamente ao Spotify - devido às alegadas baixas receitas que o serviço gera-, a tecnológica sueca pode avançar para um novo segmento para solidificar a sua posição no mercado do streaming de conteúdos.


Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.