Durante três meses as cidades de Lisboa e Porto vão ser o palco mundial escolhido pela Uber para testar um novo conceito de serviço na empresa: com o UberGREEN os utilizadores podem escolher realizar a viagem num veículo 100% elétrico, algo que para a empresa é sinónimo de uma "opção de viagem mais sustentável".

Em comunicado a Uber Portugal explica que este projeto tem início hoje, 7 de março, e estará disponível até 6 de junho. "Durante este período, o uberGREEN proporcionará viagens em carros 100% elétricos, operados por parceiros da Uber em Lisboa e no Porto, ao mesmo preço do uberX".

A subsidiária portuguesa da tecnológica norte-americana explica que com esta iniciativa espera uma 'poupança' de 20 toneladas de CO2 nas cidades de Lisboa e Porto. Ao todo estarão disponíveis 20 carros elétricos para o projeto UberGREEN.

O TeK confirmou que o serviço já está acessível na aplicação, sendo os carros identificados a verde no mapa.

Para que os utilizadores possam ter uma ideia de como as viagens que estão a realizar estão a contribuir para o meio ambiente, a Uber equipou os carros com um medidor que fará a contagem de quantas emissões poluentes estão a ser evitadas.

O diretor-geral da Uber Portugal, Rui Bento, tinha referido ao TeK no início do ano que a questão da mobilidade era importante para a empresa e para o mercado português. "Vamos continuar a abraçar o desafio de estimular a adoção de tecnologias que tornem a mobilidade nas cidades melhor para os utilizadores, mais rentável para os parceiros e mais sustentável para as cidades”, disse o executivo, relativamente ao artigo das tendências da mobilidade em Portugal.

"Para um crescimento continuado dos veículos elétricos, é importante que duas tendências se materializem: por um lado, o desenvolvimento tecnológico deverá continuar a tornar as limitações destes veículos, como a autonomia das baterias e o seu tempo de carregamento, cada vez mais residuais; por outro lado, cada vez mais consumidores deverão perceber que os veículos elétricos de hoje já respondem adequadamente à maioria das necessidades de mobilidade nas cidades", considerou Rui Bento.

O anúncio do projeto como um exclusivo para Portugal surge numa altura em que a Uber tem estado pressionada no mercado português por causa das questões regulatórias: a empresa fala num cenário onde o consumidor sai prejudicado, o Governo fala em ilegalidade.

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.