Lembrar-lhe que tem de tomar a medicação e pedir novas prescrições caso o seu stock de medicamentos esteja a terminar passa a estar ao alcance da Alexa através das prescrições das farmácias. A parceria entre a Amazon e a Omnicell foi anunciada esta terça-feira e para já está apenas disponível para os clientes da Giant Eagle Pharmacy, mas em 2020 deverão surgir mais farmácias.

Assim que as ferramentas da farmácia estiverem incorporadas na app da Alexa, os utilizadores poderão perguntar à assistente virtual que medicamentos deverão tomar e pedir uma renovação da prescrição.

Alexa
Como atualizar a assistente virtual para gerir a toma de medicamentos

No que diz respeito à privacidade, existem vários procedimentos para garantir que mais ninguém, do que o próprio utilizador, consulte o histórico de medicação. Primeiro que tudo, a Alexa terá de reconhecer a sua voz e o utilizador terá de ter uma senha pessoal para aceder aos dados.

Depois dos óculos e anéis, a Alexa também vai invadir equipamentos “mais burros”
Depois dos óculos e anéis, a Alexa também vai invadir equipamentos “mais burros”
Ver artigo

Para além de estar a aumentar as funcionalidades da assistente virtual, a Amazon também está a colocar a Alexa em mais equipamentos. Depois de em setembro ter apresentado novos produtos, entre os quais anéis e óculos inteligentes, a Amazon anunciou esta semana que equipamentos "mais burros" vão poder comunicar com a Alexa, como interruptores de luz ou termóstatos.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.