Nos primeiros três meses deste ano o mercado das impressoras multifuncionais (MFP) registou uma queda de 6,9% na Europa Ocidental em relação ao mesmo período de 2019. Os dados são partilhados pela consultora IDC, que fala na distribuição de 4,33 milhões destes equipamentos, com o impacto negativo da pandemia de COVID-19 a ser evidente. No setor da impressão todos os segmentos registaram quedas, com o valor do mercado a cair 9%, sendo agora pouco mais de dois mil milhões de euros.

Apesar de os valores em relação ao mercado das MFP estarem em linha com as previsões, a IDC verificou uma mudança em relação ao setor dos equipamentos mais acessíveis. Com o surto do novo coronavírus, e as consequentes medidas de confinamento, muitos trabalhadores estiveram durante este período em modo de teletrabalho e acabaram por adquirir impressoras, que também são um recurso nas aulas do ensino a distância.

Em comunicado, a IDC refere que alguns fornecedores e parceiros que tinham stock para responder à procura a curto prazo viram o número das remessas aumentarem dois dígitos. No entanto, no caso dos fornecedores mais focados no mercado das impressoras A3, a situação é relativamente diferente, com algumas distribuições a registarem quedas.

Mercado dos smartphones regista a queda mais acentuada de sempre devido à COVID-19
Mercado dos smartphones regista a queda mais acentuada de sempre devido à COVID-19
Ver artigo

Nos primeiros três meses do ano, o número de impressoras a jato de tinta continuou a diminuir conforme o esperado, mas registaram-se "diferenças subtis" em relação a trimestres anteriores. A distribuição de equipamentos de função única cresceu durante o primeiro trimestre do ano. Já o número de impressoras monocromáticas e de MFP disponibilizadas no mercado mais que duplicou na área da impressão a jato de tinta. Da mesma forma, os equipamentos com suporte de papel A3 registaram um forte crescimento.

Também em decréscimo esteve o mercado de impressão a laser, com a queda da distribuição de equipamentos A4 e A3. Em causa estão "algumas propostas e instalações canceladas ou adiadas" devido à pandemia, numa altura em que as remessas de impressoras A3 foram particularmente afetadas. Por outro lado, alguns fornecedores de equipamentos A4 não conseguiram responder à procura.

Os mercados de impressão a jato de tinta a alta velocidade, de Smart Device Monitor e de produção também registaram uma queda.

Em comunicado, Phil Sargeant, da IDC, explica que, embora alguns fornecedores tenham tido um trimestre bem sucedido, o impacto da COVID-19 é claramente notório. "O crescimento em todos os segmentos foi negativo, pois os locais de retalho, escritório, escolas e de fábricas foram fechados ou reduzidos, o que significa que a procura por equipamentos de impressão diminuiu no final do trimestre".

Qual a tendência do mercado dos equipamentos tecnológicos em plena pandemia?

Em Portugal, a venda de tecnologia registou uma quebra de 18% em plena pandemia. Os dados são da Gfk, referentes à semana de 16 a 23 de março, que mostram, no entanto, que as impressoras escapam à tendência negativa. No caso das MFP as vendas cresceram mais de 231% durante este período.

Layoff em tempos de pandemia nas tecnológicas. Quais os empregos mais afetados?
Layoff em tempos de pandemia nas tecnológicas. Quais os empregos mais afetados?
Ver artigo

Apesar dos valores positivos nas vendas neste setor em Portugal, a verdade é que a pandemia está a afetar a distribuição de vários equipamentos tecnológicos em todo o mundo. Ainda na semana passada, a IDC divulgou dados preliminares que dão conta da maior queda de sempre no mercado dos smartphones. Na prática, foram distribuídos menos 11,7% de telemóveis em todo o mundo no primeiro trimestre do ano, quando comparado com os primeiros três meses de 2019.

Não registando uma situação tão crítica, também o mercado dos tablets registou uma queda, não ficando “imune” à pandemia. Os dados preliminares da IDC do primeiro trimestre de 2020 revelam uma diminuição de 18,1% do número de tablets colocados no mercado em relação ao mesmo período do ano passado.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.