Os planos 5G da Lenovo para a sua linha de smartphones da Motorola passa pelo pequeno módulo, o 5G Moto Mod, que abre portas à quinta geração móvel aos modelos Z3 e Z4. A empresa anunciou que durante esta semana vai tornar a funcionalidade compatível com o “velhinho” Moto Z2 Force.

O módulo foi anunciado em 2018, mas foi lançado há poucos meses, e contém no seu interior o modem Snapdragon X50, habilitando assim os dispositivos ligarem-se a uma rede 5G. A vantagem deste módulo é ser um periférico opcional, mantendo os smartphones Moto mais acessíveis. Além disso, o módulo é transmissível entre os utilizadores que tenham um Moto, e por isso trata-se de um dispositivo com características pouco exploradas pelas fabricantes.

Ao expandir o módulo ao Z2 Force, mais utilizadores ainda detentores do smartphone poderão ponderar em manter o dispositivo e eventualmente fazer este upgrade para o 5G.

Segundo avança o The Verge, a Motorola fez ainda uma atualização no software para que o smartphone e o módulo possam gerir a bateria de forma mais inteligente. Se a autonomia de um, ou outro, descer a um certo nível, o que tem mais bateria irá partilhar energia.

O 5G Moto Mod custa cerca de 350 dólares e para além do modem da Qualcomm, tem uma bateria de 2.000 mAh e pode ser carregado de forma independente com um cabo USB-C.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.