A Motorola confirmou recentemente que vai apresentar um novo smartphone dobrável no próximo dia 9 de setembro num evento online e, embora não desse a conhecer mais pormenores, circulam vários rumores que indicam que será o equipamento será o sucessor do Razr com suporte a 5G.

Agora, Evan Blass, conhecido “informador” do mundo tecnológico, revelou no Twitter uma visão 360 do novo smartphone. A animação demonstra um equipamento semelhante ao modelo original, em linha com as imagens que circulam online.

Visão 360 do sucessor do Motorola Razr Visão 360 do sucessor do Motorola Razr
créditos: Evan Blass

De acordo com as informações que teve acesso, Evan Blass indica também que, nos Estados Unidos, a AT&T será uma das operadoras a vender o novo smartphone dobrável da Motorola. No início de agosto, já circulavam na rede social chinesa Weibo algumas imagens do alegado Motorola Razr 2020.

Em maio, Thibault Dousson, diretor-geral da Lenovo, a dona da Motorola, já tinha confirmado num episódio do podcast Tech Reframed, que a empresa estava a desenvolver um novo equipamento dobrável com uma data de apresentação marcada para setembro.

Ainda no mesmo mês, surgiram rumores de que o novo Razr terá no interior o processador Snapdragon 765 da Qualcomm, compatível com a quinta geração de redes móveis. O smartphone contará ainda com a versão mais recente do sistema operativo Android, com uma bateria de 2.845 mAh, 8 GB de RAM e 256 GB de armazenamento.

Ao que tudo indica, a configuração de câmaras traseiras do novo smartphone terá um sensor principal de 48 MP e uma câmara frontal de 20 MP. A segunda geração do Motorola Razr será comercializada na China e nos Estados Unidos e ainda não há certeza se o equipamento chegará ao mercado europeu.

Primeiras impressões: Experimentámos o Lenovo ThinkPad X1 e o Motorola Razr que conseguem “dobrar” as expectativas
Primeiras impressões: Experimentámos o Lenovo ThinkPad X1 e o Motorola Razr que conseguem “dobrar” as expectativas
Ver artigo

Recorde-se que, embora tenha despertado a atenção dos entusiastas de smartphones dobráveis, o Motorola Razr, que o SAPO TEK teve a oportunidade de experimentar na CES 2020, acabou por perder terreno em relação aos populares “rivais” da Samsung e da Huawei. Entre os pontos fracos apontados por muitos internautas estão as câmaras, o ecrã pouco brilhante, a bateria e o preço de 1.500 dólares visto como desproporcional.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.