A apresentação oficial foi a 11 de julho e o novo smartphone da Nothing começou primeiro a ser vendido online e nas Nothing Drops em algumas cidades. Hoje fica disponível em Portugal, através dos parceiros da marca, o El Corte Inglés, Fnac, NOS, PCdiga e Radio Popular.

A segunda versão do Phone da empresa lançada em 2020 por Carl Pei é muito semelhante por fora ao Phone (1) mas é por dentro que estão as principais diferenças, como o SAPO TEK pode comprovar nas primeiras impressões.

Veja as imagens do Nothing Phone (2) 

O ícone de luz na traseira, potenciado pela transparência do material do chassi, é o elemento diferenciador, e o novo sistema operativo Nothing OS 2.0 traz mais funcionalidades. A plataforma é agora Snapdragon 8+ Gen 1 e as câmaras traseiras foram optimizadas com o sensor de 50 MP IMX890 a Sony, acompanhado de um segundo sensor de 50 MP da Samsung. 

A aposta é numa "utilização com significado", onde a configuração do interface do sistema operativo e a interação com o Glyph são destacados, com a natural atualização das especificações de hardware.

Desde o lançamento a adesão dos consumidores ao Phone (2) tem sido registada pela Nothing, com filas de espera para participar nas Nothing Drops que foram organizadas em cidades como Londres, Nova Iorque, Paris e Madrid. Também já era possível comprar o telemóvel online no site desde dia 17 de julho.

Veja o vídeo oficial do Nothing Phone (2)

Nesta nova versão a Nothing subiu a fasquia das configurações mas também dos preços, com a versão de 8GB/128GB  a custar 679€, enquanto os modelos de  12GB/256GB e 12GB/512GB custam 729€ e 849€. Está disponível em cinzento escuro e branco.

A Nothing lançou entretanto um novo kit de ícones monocromáticos para personalização do smartphone, que está disponível na loja Google Play StoreQuem ainda tem o Phone (1) vai poder atualizar o sistema operativo para o Nothing OS 2.o e o pacote de ícones no final de agosto.

Com mais de 1,5 milhões de equipamentos no mercado, a Nothing parte da base em Londres para conquistar o seu lugar no mercado de smartphones onde aposta na diferenciação do design e também da experiência do utilizador. A ideia tem conseguido atrair investidores, e depois do grupo inicial e de várias rondas de financiamento, foi conhecido este mês um novo reforço, com 96 milhões de dólares com a participação de várias ventures e fundos de investimento, uma lufada de ar fresco que suporta o projeto de lançar mais equipamentos, entre os quais deve constar um smartwatch.

Estas são as imagens oficiais do Nothing Phone (2) onde o polvo é um dos protagonistas

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.