O novo smartphone dobrável da Huawei tem estado num enorme secretismo e praticamente nada se sabe sobre o mesmo. A última vez que se ouviu algo sobre a tecnologia de ecrãs dobráveis da fabricante chinesa foi em janeiro do ano passado, antes da pandemia de COVID-19 assolar o mundo. Foram reveladas imagens de patente com alguns esboços de designs diferentes do primeiro equipamento, que foram submetidos pela Huawei na EUIPO.

Agora foi partilhado na rede social chinesa Weibo alguns detalhes técnicos pela Digital Chat Station do Mate X2, depois de ter sido visto em novembro numa certificação do órgão chinês TENAA. Os rumores apontam para um equipamento alimentado pelo processador Kirin 9000 da Huawei.

Espera-se ainda que tenha um ecrã dobrável de 8,01 polegadas com uma resolução de 2480x2200 pixéis com um secundário de 6,45 polegadas com 2270x1160. Terá ainda uma bateria de 4.400 mAh, suportado por carregamento rápido de 66W.

Os rumores apontam para um alinhamento de quatro câmaras na traseira, liderado por um sensor principal de 50 MP, e lentes secundárias de 16 MP, 12 MP e 8 MP, incluindo suporte a zoom ótico híbrido de 10X. Para a câmara selfie é referido um sensor de 16 MP.

Tal como se suspeitava anteriormente, as novas informações dão conta que em vez de dobrar para fora, o novo smartphone dobra para dentro, à semelhança do Samsung Galaxy Fold. A fonte refere ainda que o equipamento pesa 295 gramas tem dimensões de 161,8x14,8x8,2 mm.

Quando foi listado na TENAA, foi sugerido que o smartphone tinha um ecrã OLED de 120 Hz, suporte a Wi-Fi 6 e Bluetooth 5.1.

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.