Honey é o segundo dos três robots de “voo livre” do sistema Astrobee, criado pela NASA para ajudar os astronautas a diminuírem o tempo gasto em tarefas de rotina na Estação Espacial Internacional (ISS na sigla original).

Este será um primeiro momento, que servirá para testar os pequenos dispositivos robóticos em forma de cubo. O objetivo maior será quando um dia os robots assumirem esse papel nas missões a Marte e de regresso à Lua.

A NASA relata que Honey foi acordado pelo astronauta da ESA Luca Parmitano, depois de “desembrulhado e inspecionado” e depois de ligado à dock - e não em modo voo -, ao lado do seu “colega de equipa” Bumble. Os dois são idênticos exceto nas cores: Bumble é azul e Honey amarelo.

Uma vez que o software é igual, Honey vai “aproveitar” o que Bumble aprendeu entretanto, desde que começou a ser testado em abril último. Mesmo absorvendo os ensinamentos do “colega”, o robot azul ainda vai ter de passar por vários testes antes de estar pronto a voar livremente pelo módulo de laboratório Kibo.

Enviado para a ISS em julho passado, Queen é o terceiro elemento da equipa Astrobee - e vai ser o último robot rotineiro a ser acordado no Espaço.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.