O vaivém espacial da SpaceX descolou, este sábado, em direção à Estação Espacial Internacional (ISS). O aparelho, que seguiu sem tripulação a bordo, partiu do Kennedy Space Centre, na Florida, às 7h49, e foi impulsionado pelo foguetão Falcon 9. O vídeo pode ser visto, na íntegra, através deste link.

tek crew dragon

O lançamento, que aconteceu sem qualquer percalço, é essencial para a estratégia que a NASA tem para reduzir custos na deslocação de astronautas para a ISS. Atualmente a agência espacial é obrigada a recorrer aos serviços de uma empresa aeroespacial russa, que cobra cerca de 81 milhões de dólares por lugar - desde 2011 que a NASA não faz serviço de transporte tripulado até à ISS.

Durante esta missão, o vaivém irá recolher dados essenciais que podem determinar o futuro desta parceria com a SpaceX.

"Isto é um acontecimento significativo para história da exploração espacial americana", disse Jim Bridenstine, administrador da NASA. "Queremos manter a nossa parceria com a Rússia, que se mantém firme e forte há já vários anos, mas também queremos ter a certeza que somos capazes de ir e vir da ISS, para que possamos partilhar recursos entre todos", afirmou.

Sobre a parceria com a SpaceX, Bridenstine considera que é importante sublinhar o facto de ser a NASA a abordar a empresa enquanto cliente e não o contrário. "É outro marco", diz. "Enquanto agência, não estamos a comprar, a deter ou a operar os nossos próprios foguetões, mas sim a olhar para um futuro em que podemos ser consumidores, um de muitos consumidores num mercado comercial robusto".

Ripley de Alien o 8º passageiro

Quem acompanha a SpaceX sabe que um lançamento de um vaivém nunca é só um lançamento. E neste caso o "elemento extra" é o "astronauta experimental" que é transportado, que recebeu o nome de "Ripley" numa associação direta ao filme de ficção científica Alien, onde Ellen Ripley era a personagem principal.

O Crew Dragon deverá chegar no domingo à ISS, às 11h05 de Lisboa. O vaivém leva cerca de 180 quilogramas de bagagem para entregar na estação, onde vai ficar durante cinco dias antes de regressar à Terra.

A primeira missão tripulada a bordo desta cápsula da SpaceX deverá acontecer já em julho, com os astronautas Bob Behnken e Doug Hurley.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.