A Boeing está a preparar o lançamento de mais uma missão não tripulada da cápsula espacial CST-100 Starliner. A empresa espera conseguir acoplar o veículo à Estação Espacial Internacional (ISS) após a tentativa falhada em dezembro de 2019. Ao que tudo indica, a empresa não avançará com missões tripuladas em 2020.

Em comunicado à imprensa, a Boeing dá a conhecer a decisão que tomou. “Lançar uma nova missão não tripulada vai permitir completar todos os objetivos propostos e avaliar o desempenho do Starliner”, afirma a empresa. A Boeing confirmou mais tarde ao The Washington Post que pretende avançar com o novo teste do “táxi espacial” em outubro ou novembro deste ano.

A decisão da Boeing surge meses após o Aerospace Safety Advisory Panel (ASAP) da NASA ter revelado que o incidente registado em dezembro de 2019 com cápsula espacial CST-100 Starliner da Boeing poderia ter assumido contornos desastrosos. O painel de responsáveis deu a conhecer que, além da anomalia no sistema de contagem decrescente que provocou o regresso mais cedo à Terra, um segundo erro de software poderia ter causado um “falhanço catastrófico”.

NASA revela que incidente com a Capsula Starliner da Boeing poderia ter sido um “falhanço catastrófico”
NASA revela que incidente com a Capsula Starliner da Boeing poderia ter sido um “falhanço catastrófico”
Ver artigo

Os responsáveis do ASAP indicaram que a segunda falha no software conseguiu ser resolvida enquanto o CST-100 Starliner ainda estava em órbita. O erro poderia ter feito com que os propulsores do veículo fossem ativados no processo de descida à Terra, provocando uma aterragem descontrolada.

A NASA e a Boeing vão continuar a investigar as causas por trás das falhas no software do sistema do CST-100 Starliner. No entanto, o ASAP deixou patente a sua preocupação com o rigor dos processos de verificação levados a cabo pela Boeing.

No que toca à “corrida espacial”, a SpaceX indicou recentemente que mantém os planos para o primeiro teste tripulado do Crew Dragon. Embora a pandemia de COVID-19 continue a ter um impacto profundo nas agendas de organizações por todo o mundo, a empresa liderada por Elon Musk vai realizar o teste da cápsula do veículo espacial na segunda quinzena de maio.

NASA e SpaceX mantêm os planos para o primeiro teste tripulado do Crew Dragon
NASA e SpaceX mantêm os planos para o primeiro teste tripulado do Crew Dragon
Ver artigo

O voo de teste tripulado do Crew Dragon com destino à Estação Espacial Internacional será o primeiro a partir do solo dos Estados Unidos desde 8 de julho de 2011, coincidindo com a última missão do Space Shuttle. Desde então, a NASA tem colocado os seus astronautas na ISS à “boleia” da nave russa Soyuz.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.