Em 2018, pela altura em que se assinalavam os 15 anos da missão Mars Express, a Agência Espacial Europeia revelou ao mundo imagens da cratera de Korolev, uma das paisagens marcianas mais marcantes. Agora, a ESA dá a conhecer a sua mais recente criação: um vídeo que demonstra como seria sobrevoar os 82 quilómetros de diâmetro do repositório água gelada que persiste o ano inteiro no Planeta Vermelho.

A Agência explica que o vídeo tem por base o mosaico de imagens captadas pela câmara de alta resolução da Mars Express. A composição fotográfica combina as cinco "tiras" de imagens distintas com as informações topográficas recolhidas para fazer uma recriação a três dimensões da paisagem que foi depois gravada de diferentes ângulos.

A cratera de Korolev, cujo nome é uma homenagem a Sergei Pavlovich Korolev, visto como o pai da tecnologia espacial russa, está localizada nas terras baixas do norte de Marte, muito próximo a uma grande extensão de dunas conhecida como Olympia Undae. No seu centro, o manto de água gelada tem cerca de 1,8 km de espessura.

Como é que o seu interior permanece permanentemente gelado? A ESA explica que a parte mais profunda da cratera age como uma “cold trap”. O ar que paira sobre a cratera torna-se mais fresco e mais pesado do que o restante. Uma vez que o ar não consegue fazer uma boa condução do calor, o centro de água gelada mantém se protegido, evitando o aquecimento ou até a sublimação.

Mars 2020: Agência Espacial Europeia explica como vão ser recolhidas as asmostras de Marte e como regressam à Terra
Mars 2020: Agência Espacial Europeia explica como vão ser recolhidas as asmostras de Marte e como regressam à Terra
Ver artigo

Recentemente, a ESA divulgou mais detalhes sobre a forma como a missão Mars 2020, realizada em colaboração com a NASA, vai recolher amostras de Marte e trazê-las para a Terra.

O processo implica o desenvolvimento do lander, do rover de recolha, de um veículo ascendente para lançar o depósito de amostras para a órbita marciana, assim como da nave espacial que vai regressar à Terra com a carga.

Quanto ao rover Preserverance da NASA, cujo lançamento está previsto entre julho e agosto deste ano, o pequeno veículo tem uma perfuradora na extremidade do braço robótico e irá perfurar o solo, colocando as amostras para tubos que são armazenados no seu interior. Após recolher um conjunto de amostras, o Perseverance larga-as na superfície para recolha.

É aqui que entra em ação o lander, o veículo que tem os instrumentos: o Sample Fetch Rover e o Sample Transfer Arm para transferir as amostras para um foguetão e o Mars Ascent Vehicle, utilizado para transportar as amostras do planeta para o espaço. O Earth Return Obiter da ESA será depois “cronometrado” para capturar o recipiente da órbita de Marte antes de trazê-lo de volta à Terra para pousar no Estado de Utah, nos EUA.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.