O Columbus, o laboratório científico da ESA a bordo da Estação Espacial Internacional, já está no espaço há mais de 10 anos. Em breve, o módulo da ISS vai receber um satélite que permitirá aos astronautas enviar informação acerca das suas experiências espaciais para a Terra de forma quase instantânea.

O satélite ColKa, ou Columbus Ka-band antenna, chegará à ISS através do foguetão Cygnus da Northrop Grumman. A missão de lançamento estava inicialmente prevista para o passado dia 9 de fevereiro, no entanto, as condições climatéricas menos favoráveis e um problema técnico levaram ao seu adiamento para o próximo dia dia 13, avança a NASA em comunicado à imprensa.

De acordo com a ESA, o ColKa será instalado no exterior do laboratório científico Columbus. Os sinais enviados pela ISS através do equipamento serão transmitidos para o Espaço, onde serão captados pelos satélites europeus em órbita geoestacionária a 36.000 quilómetros acima da superfície terrestre. O ColKa possibilitará comunicações mais rápidas e “independentes do sistema da NASA”, elucida a agência.

A antena do ColKa em testes antes do seu lançamento para a ISS.
Créditos: ESA

A ESA indica que o satélite permitirá velocidades de 50 Mbit/s a nível de receção e de 2 Mbit/s no que toca à transmissão de informação. Desenvolvido no âmbito do programa ARTES (Advanced Research in Telecommunications Systems), o ColKa utiliza a infraestrutura do European Data Relay Sistem, uma parceria entre a ESA e a Airbus, para permanecer em constante comunicação com a Terra.

Se tudo correr como planeado, neste ano, os astronautas da ISS dedicarão uma das suas caminhadas espaciais à instalação do ColKa no exterior do módulo Columbus. A ESA afirma que os conhecimentos adquiridos através do desenvolvimento do satélite serão “fundamentais” para os seus futuros projetos, os quais incluem um módulo responsável pelas comunicações da Gateway, a nave espacial de exploração lunar da NASA.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.