As novidades das empresas de turismo espacial continuam a surgir, prometendo finalmente levar passageiros ao espaço nos próximos anos. Uma delas é a Virgin Galactic do magnata Richard Branson, que recentemente viu a sua SpaceShipTwo a planar com sucesso em mais um voo de teste. A empresa prepara-se agora para fazer testes com a nave espacial com o motor ligado.

Enquanto trabalha para concluir o processo de testes de forma a garantir as devidas certificações e autorizações para levar turistas ao espaço, a equipa de marketing está muito ativa naquilo que é a angariação de clientes, ou pelo menos a fazer teasing daquilo que será o seu serviço. Por isso, revelou o interior da SpaceShipTwo, focando-se na cabine dos passageiros.

Este modelo de cabine será usado para uma viagem virtual com a equipa de design. Mas o seu interior foi desenhado com o objetivo principal de oferecer aos passageiros uma visão perfeita da Terra a partir do espaço, tal como mostrou no vídeo de revelação.

Apesar de ter sido um evento virtual para mostrar o interior da nave, segundo Richard Branson, isto significa que a abertura do espaço a todos “é muito real”. “Foi desenhado especificamente para concretizar o sonho de milhares de pessoas em viajar pelo espaço de forma segura”. O magnata destaca que alguém uma vez lhe disse que a Virgin Galactic foi a primeira a construir uma nave do interior para fora, confirmando que a sua dedicação sempre foi criar a melhor experiência para o cliente. “E depois construímos a nave em torno desse conceito”.

No seu comunicado de imprensa, a Virgin destaca que os assentos da nave são individuais e reclináveis de forma a gerir a força G e volume da zona flutuante. Cada fase do voo disponibiliza uma iluminação ambiental automática, e cada passageiro terá acesso a ecrãs com dados ao vivo sobre o voo. Tem ainda 16 câmaras para gravar vídeo e capturar fotografias em alta definição, para que os passageiros possam partilhar a sua experiência no Instagram, por exemplo. A cabine tem ainda 12 janelas par os astronautas e passageiros observarem a Terra a partir do espaço. Por fim, um espelho maior, numa cabine da nave, que reflete em tempo real a experiência dos astronautas.

tek spaceshiptwo
Richard Branson continua empenhado no negócio do turismo espacial com a sua Virgin Galactic.

Também a norte-americana Space Perspective ambiciona levar turistas numa viagem de "balão" para um passeio pela estratosfera e o primeiro voo de teste já está marcado para 2021, com um lançamento a partir do Centro Espacial John F. Kennedy da NASA. A empresa fundada por Jane Poynter e Taber MacCallum, que lideraram a missão Biosphere 2 em 1990, prevê que o primeiro tripulado chegue em 2023 e que o serviço comercial de viagens espaciais esteja operacional já em 2024, com cada passagem a rondar os 125 mil dólares. Ao todo, estão planeados cerca de 500 voos por ano até 2030.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.