Quando substituiu o "velhinho" Bilhete de Identidade,  o Cartão de Cidadão passou a integrar um PIN associado ao documento físico, que permite a identificação de forma segura de diversos serviços e operações online, sem a necessidade da deslocação aos serviços. Através do PIN, os cidadãos podem autenticar a sua identidade, utilizando assinaturas eletrónicas válidas ou a Chave Móvel Digital. A funcionalidade é desconhecida por muitos portugueses e está longe de ter o nível de utilização pretendido, mas um dos obstáculos mais referenciados à sua utilização é agora ultrapassado.

10 anos de Cartão de Cidadão. Ainda se lembra do “velhinho” BI?
10 anos de Cartão de Cidadão. Ainda se lembra do “velhinho” BI?
Ver artigo

Até agora, se perdesse o código, apenas poderia requisitar um novo deslocando-se a um estabelecimento público, como as Lojas do Cidadão sendo obrigado a pagar uma nova emissão de cartão. A partir do dia 16 de abril já não precisará de perder tempo em filas de espera. Os novos cartões emitidos dispensam um pedido em caso de perda do PIN e o respetivo pagamento, tendo sido adicionado uma nova funcionalidade de recuperação do código pessoal (PUK) para o desbloqueio do PIN, um sistema semelhante ao utilizado nos cartões de comunicações, conhecidos por cartões SIM.

Apesar da recuperação do PIN facilitar o processo, há ainda um custo a considerar: recuperar o PIN custa 5 euros. O acesso é feito mediante a utilização da funcionalidade de validação da impressão digital associada presencialmente quando tira um novo Cartão de Cidadão e os dados fornecidos anteriormente serão reaproveitados.

O cancelamento também pode ser feito online, ou através do telefone do serviço administrativo.

3 alterações importantes a ter em conta no Cartão de Cidadão  
3 alterações importantes a ter em conta no Cartão de Cidadão  
Ver artigo

A nova funcionalidade enquadra-se na promessa do governo em continuar a simplificar os serviços da administração pública e a inovar a forma como os portugueses interagem com os portais e funcionalidades digitais. Desde março foi introduzido nas condições de utilização o Sistema de Certificação de Atributos Profissionais (SCAP) que permite administradores, gerentes ou diretores de sociedades anónimas, por quotas ou cooperativas autenticarem-se ou assinarem eletronicamente através do Cartão de Cidadão ou Chave Móvel Digital, comprovando o seu cargo sem necessidade de qualquer outro documento da empresa.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.